Era da animação computadorizada - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Era da animação computadorizada.

Era da animação computadorizada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes. Ajude a inserir referências.O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) (Julho de 2015)

a Era da animação computadorizada, Era da nova animação, Era da computação gráfica ou também Período da animação por computador foi como ficou conhecido o período que vai do início da Década de 80 aos anos 2000, onde vários longas ou curtas feitos por gráficos de computadores foram produzidos em vários países. Esse período também marcou o começou da chamada era da informática.

Durante esses anos estúdios de animação como a Walt Disney Pictures, Paramount Pictures, Pixar Animation Studios, Blue Sky Studios, DreamWorks SKG entre outros dedicaram-se a fazer amostras produzidas por CGI (imagens feitas por computador) mesmo sendo dificil, pois naquela época era dificil achar material suficiente para fazer uma animação feita por computação gráfica. A primeira amostra lançada foi The Adventures of André & Wally B. em 1984, dirigida por John Lasseter. O programa de computador usado para renderizar o curta criava apenas figuras geométricas em 3D. Por essa causa, se você observar com atenção, o corpo dos personagens são compostos de esferas, cones, cilindros, elipsoides, etc

Mas o primeiro longa-metragem lançado foi Toy Story em 1995 com qual outros estúdios viram que era possível fazer filme com computação. Após isso houve outras tentativas de lançamentos de filmes, de 1996 até 2000 foram feitas sete tentativas, contudo nenhuma deu certo devido a pouco material.

Curtas-metragens feitas por CGI

Longas-metragens feitas por CGI


Este artigo sobre animação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.vde
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Era da animação computadorizada
Listen to this article