Árabe khaliji - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Árabe khaliji.

Árabe khaliji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Árabe khaliji
Falado em: Golfo Pérsico
Região: Kuwait, Iraque, Arábia Saudita, Bahrain, Catar, Irã, Emirados Árabes Unidos, Omã
Total de falantes: 6,8 milhões (2016)
Família: Semítica
 Ocidental
  Central
   Centro-meridional
    Árabe
     Árabe peninsular
      Árabe khaliji
Escrita: Alfabeto árabe
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: afb
ISO 639-3: afb

O árabe khaliji[1], mais conhecido como árabe do Golfo[2][3] (خليجي Khalījī pronúncia local: [χɐˈliːdʒi] or اللهجة الخليجية el-lahja el-Khalijiyya, pronúncia local: [elˈlɑhdʒɐ lχɐˈliːdʒɪj.jɐ]), é uma variante do árabe falado na Arábia Oriental por populações das áreas costeiras de quatro países do Golfo Pérsico (Kuwait, Bahrein, Catar e Emirados Árabes Unidos) e em partes do leste da Arábia Saudita (província Oriental), do sul do Iraque (província de Basra e província de Mutana)[4], sul do Irão (província de Buxer, província de Cuzistão e província de Hormusgão)[5] e norte de Omã.

Pertencentes ao ramo do árabe peninsilar, o árabe do Golfo pode ser definido como um conjunto de variantes estreitamente relacionadas e mais ou menos inteligíveis entre si que formam um contínuo dialetal com o nível de inteligibilidade mútua entre suas variantes, de acordo em grande parte com a distância geográfica entre elas. Dialetos específicos diferem em vocabulário, gramática e sotaque. Existem diferenças consideráveis entre, por exemplo, o árabe kuwaitiano e as variantes do Catar e dos Emirados Árabes Unidos - especialmente em sotaque, que podem dificultar a inteligibilidade mútua, e é por isso que são consideradas como variantes independentes.[6] Similar ao que ocorre a outras variantes da língua árabe, os dialetos do árabes do Golfo não são completamente inteligíveis com outras variantes árabes faladas fora do Golfo Pérsico.[7]

Variantes mais próximas das faladas no Golfo são o árabe najdi e o o árabe bareinita.[8][9] Embora falado em grande parte da Arábia Saudita, cuja população é de mais de 30 milhões, o árabe do Golfo não é a língua nativa da maioria dos sauditas, pois a maioria deles não mora na porção oriental do país[6] - existem cerca de 200.000 falantes dessa variante.[8][9]

Referências

  1. Awde & Smith (2003), p. 88.
  2. «How to Reach your Audience with the Right Dialect of Arabic». Asian Absolute (em inglês). 19 de janeiro de 2016. Consultado em 22 de junho de 2020 
  3. «Arabic Language: Tracing its Roots, Development and Varied Dialects». Day Translations (em inglês). 16 de outubro de 2015. Consultado em 22 de junho de 2020 
  4. Arabic, Gulf Spoken – A Language of Iraq Ethnologue
  5. Languages of Iran Ethnologue
  6. a b Holes (2001), p. ?.
  7. Qafisheh (1977), p. xvii.
  8. a b Languages of Saudi Arabia Ethnologue
  9. a b Frawley (2003), p. 38.

Bibliografia

Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.vde
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Árabe khaliji
Listen to this article