Árabe levantino setentrional - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Árabe levantino setentrional.

Árabe levantino setentrional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Árabe levantino setentrional (اللهجة الشامية الشمالية)
Falado em:  Síria
Líbano
 Turquia
Total de falantes: 24 milhões (2016)
Família: Afro-asiática
 Semítica
  Semítica ocidental
   Semítica central
    Semítica sul-central
     Árabe
      Árabe levantino
       Árabe levantino setentrional
Escrita: Alfabeto árabe
Estatuto oficial
Língua oficial de: não há
Regulado por: não há
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: apc

O árabe levantino setentrional (em árabe: اللهجة الشامية الشمالية), é uma subdivisão do árabe levantino, um dos cinco principais ramos da língua árabe.

É falado desde norte da Turquia, especificamente nas regiões costeiras das províncias de Adana, Hatay e Mersin,[1][2] ao Líbano,[1][3] passando por áreas costeiras mediterrâneas da Síria (Lataquia e Tartus), bem como as áreas circundantes a Alepo e Damasco.[1][4] Em 2015, o árabe levantino setentrional tinha mais de 24 milhões de falantes nativos em todo o mundo.[1]

Possui o código de idioma ISO 639-3 "apc" e tem como principais contínuos dialetais o árabe sírio e o árabe libanês.[5][6] Por essa razão, também é conhecido como árabe sírio-libanês,[1] embora esse termo às vezes seja usado para significar todo o conjunto do árabe levantino.[7]

Essa variante é usada na fala cotidiana principalmente no Líbano e na Síria, enquanto a maioria dos documentos e mídias escritos e oficiais usa o árabe moderno padrão. Seu continuum dialetal foi descrito como um dos dois "centros de gravidade de dialetos dominantes (mais prestigiados) do árabe falado".[8]

Ver também

Referências

  1. a b c d e «Arabic, North Levantine Spoken». Ethnologue (em inglês). Consultado em 16 de julho de 2018 
  2. «Turkey». Ethnologue (em inglês). Consultado em 16 de julho de 2018 
  3. «Glottolog 3.2 - North Levantine Arabic». glottolog.org (em inglês). Consultado em 16 de julho de 2018 
  4. «Jordan and Syria». Ethnologue (em inglês). Consultado em 16 de julho de 2018 
  5. «How to Reach your Audience with the Right Dialect of Arabic». Asian Absolute (em inglês). 19 de janeiro de 2016. Consultado em 22 de junho de 2020 
  6. «Arabic Language: Tracing its Roots, Development and Varied Dialects». Day Translations (em inglês). 16 de outubro de 2015. Consultado em 22 de junho de 2020 
  7. Versteegh, Kees (2009). Encyclopedia of Arabic language and linguistics. Leiden: Brill. 170 páginas. ISBN 9789004177024. OCLC 401165899 
  8. Decker, Donald M. (1999). Handbook of the International Phonetic Association: A Guide to the Use of the International Phonetic Alphabet. Cambridge, United Kingdom: Cambridge University Press. 51 páginas. ISBN 9780521637510 
Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.vde
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Árabe levantino setentrional
Listen to this article