Árabe sudanês - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Árabe sudanês.

Árabe sudanês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Árabe sudanês
Falado em: Sudão
Região: Anseba, Gash-Barka, Sudão
Total de falantes: 31,9 milhões (2015)
Família: Semítica
 Ocidental
  Central
   Centro-meridional
    Árabe
     Árabe sudanês
Escrita: Alfabeto árabe
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: apd
ISO 639-3: apd

O árabe sudanês é a variante de árabe falada principalmento no Sudão e em partes da Eritreia como Anseba e Gash-Barka.[1][2]

Semelhante ao árabe egípcio, embora não compartilhe algumas das propriedades características dos dialetos do norte do Egito (como o do Cairo), o árabe sudanês está particularmente próximo do árabe saidi (falado no centro e do sul egípcio). Também está intimamente relacionado ao árabe hejazi (falado na região de Hejaz, oeste da Arábia Saudita), por exemplo, na pronúncia de certas letras como o "G" sendo a pronúncia da letra árabe Qāf e o "J" sendo a pronúncia de Gimel.[3][4]

Referências

  1. «How to Reach your Audience with the Right Dialect of Arabic». Asian Absolute (em inglês). 19 de janeiro de 2016. Consultado em 22 de junho de 2020 
  2. «Arabic Language: Tracing its Roots, Development and Varied Dialects». Day Translations (em inglês). 16 de outubro de 2015. Consultado em 22 de junho de 2020 
  3. Royal Anthropological Institute of Great Britain and Ireland, JSTOR (Organization) (1888). Journal of the Royal Anthropological Institute of Great Britain and Ireland, Volume 17. [S.l.: s.n.] p. 11. Consultado em 8 de maio de 2011 
  4. Arlette Roth, 1969–1972, Lexique des parlers arabes tchado-soudanais. An Arabic-English-French lexicon of dialects spoken in the Chad-Sudan area compiled by Arlette Roth-Laly, Paris: Editions du Centre Nationale de la recherche scientifique.
Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.vde
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Árabe sudanês
Listen to this article