Angela Maria, nome artístico de Abelim Maria da Cunha (Macaé, 13 de maio de 1929[nota 1]São Paulo, 29 de setembro de 2018) foi uma cantora, compositora e atriz brasileira, expoente da Era do Rádio, considerada dona de uma das melhores vozes da MPB e eleita a Rainha do Rádio em 1954.[1] Também é uma das cantoras brasileiras que mais venderam discos, cerca de 60 milhões de discos.[2] Angela Maria é conhecida pelos grandes críticos da música nacional e internacional como a maior voz do Brasil.[3]

Quick facts: Angela Maria, Informação geral...
Angela Maria
Angela Maria
Angela Maria em 1960
Informação geral
Nome completo Abelim Maria da Cunha
Também conhecido(a) como Sapoti
Nascimento 13 de maio de 1929
Origem Macaé,[nota 1] RJ
Morte 29 de setembro de 2018 (89 anos)
Local de morte São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Gênero(s)
Instrumento(s) voz
Período em atividade 1948–2018
Gravadora(s)
Afiliação(ões)
Página oficial Site Oficial
Close

Intérprete de canções como Babalu (Margarita Lecuona), Gente Humilde (Garoto/Chico Buarque/Vinicius de Moraes), Cinderela (Adelino Moreira) e Orgulho (Waldir Rocha/Nelson Wederkind), serviu como fonte de inspiração para artistas como Elis Regina, Djavan, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Cesária Évora e Gal Costa, além de ter sido, comprovadamente pelo Ibope, por um longo período, a cantora mais popular do Brasil e conquistado a admiração de personalidades como Édith Piaf, Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, Amália Rodrigues e Louis Armstrong.