A Guerra Camponesa Alemã - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for A Guerra Camponesa Alemã.

A Guerra Camponesa Alemã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A Guerra Camponesa Alemã (em alemão:Der deutsche Bauernkrieg) é um livro escrito por Friedrich Engels em 1850, buscando descrever as revoltas do Século XVI.

Engels escreveu o livro no verão de 1850, em Londres, seguindo o fracasso das revoluções de 1848, fazendo um paralelo entre esse levante e a também fracassada Guerra dos Camponeses de 1525. O livro não consiste de material coletado independentemente, todos os materiais em relação à guerra camponesa e a Thomas Müntzer foram retirados das pesquisas do livro "Allgemeine Geschichte des großen Bauernkrieges" (algo como "História Geral da Grande Guerra Camponesa") do historiador Wilhelm Zimmermann..[1] O livro de Engels apareceu originalmente na quinta e sexta edições da Neue Rheinische Zeitung-Revue, uma revista econômica e política editada por Karl Marx em Hamburgo, e que mais tarde foi lançada novamente já em forma de livro.

O livro discorre sobre a complexa estrutural social da Alemanha nos idos do século XVI. Engels garante que o Capitalismo e o Protestantismo estão associados, como Max Weber, em sua obra "A ética protestante e o espírito do capitalismo".

Referências

  1. ENGELS, Friedrich (1870). «Engels Preface to the Second Edition of "The Peasant War in Germany"» (em inglês). marxists.org. Consultado em 17 de Abril de 2008 
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
A Guerra Camponesa Alemã
Listen to this article