Caspar Bartholin, o Velho - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Caspar Bartholin, o Velho.

Caspar Bartholin, o Velho

Caspar Bartholin, o Velho
Nascimento 12 de fevereiro de 1585
Malmö, Dinamarca
Morte 13 de julho de 1629
Sorø, Zelândia
Ocupação teólogo, médico e anatomista

Caspar Bartholin, o Velho (Caspar Berthelsen, Casparus Bartholinus) (Malmø, Dinamarca, 12 de Fevereiro de 1585 - Sorø, Zelândia, 13 de Julho de 1629[1]) foi um teólogo, médico e anatomista dinamarquês. Em 1613 tornou-se professor de medicina da Universidade de Copenhagen onde mais tarde também ensinou teologia.

A sua precocidade era coisa fantástica: aos três anos de idade já sabia ler, e aos treze anos de idade já compunha orações em grego e latim e as distribuía em público. Quando estava com dezoito anos foi mandado para a Universidade de Copenhagen, tendo também estudado em Rostock e Wittenberg.

Viajou depois por toda a Alemanha, Holanda, Inglaterra, França e Itália, e era recebido com notável respeito nas diferentes universidades que visitou. Em 1613 foi eleito professor de medicina da Universidade de Copenhagen, e ocupou esse posto durante onze anos, quando, caindo gravemente doente, fez um juramento que em caso de recuperação iria se dedicar totalmente ao estudo da teologia. Ele cumpriu esse juramento tornando-se Professor de Teologia em Copenhagen e cânone de Roskilde. Morreu no dia 13 de Julho de 1629, em Sorø, na Zelândia.

A sua obra, Anatomicae Institutiones Corporis Humani (Instituições Anatômicas do Corpo Humano, 1611), foi durante muitos anos o livro padrão da matéria de anatomia. Ele foi o primeiro a descrever o funcionamento do nervo olfativo.

Teve dois filhos, Thomas e Erasmus, que também se tornaram eruditos célebres.

Obra

Astrologia, seu De stellarum natura, 1612
Astrologia, seu De stellarum natura, 1612

Referências

Família Bartholin

{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Caspar Bartholin, o Velho
Listen to this article