David Saint-Jacques - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for David Saint-Jacques.

David Saint-Jacques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

David Saint-Jacques
Nascimento 6 de janeiro de 1970 (50 anos)
Quebec, Canadá
Nacionalidade Canadá canadense
Carreira espacial
Astronauta da CSA
Tempo no espaço 203d 15h 15m 58s [1]
Seleção 2009
Tempo de AEV 6h30min
Missões Soyuz MS-11, Expedição 57, Expedição 58, Expedição 59
Insígnia da missão

David Saint-Jacques (Quebec, 6 de janeiro de 1970) é um astronauta da Agência Espacial Canadense (CSA), veterano de um missão de longa duração na Estação Espacial Internacional.

Em 1993 concluiu seu bacharelado em engenharia física pela École Polytechnique de Montréal. Em 1998 tornou-se PhD em astrofísica pela Universidade de Cambridge.[2] Em 2005 formou-se em medicina pela Université Laval e passou a trabalhar no Inuulitsivik Health Centre em Puvirnituq, Quebec. Atuou ainda como conferencista na Faculdade de Clínica Médica da Universidade McGill.[3]

Astronauta

Em maio de 2009, após um longo processo de seleção para o qual se inscreveram 5.351 candidatos, ele foi selecionado para uma das duas vagas como astronauta da Agência Espacial Canadense e enviado para o Centro Espacial Johnson, em Houston, EUA, onde passou a integrar o Grupo 20 do curso de astronautas da NASA, qualificando-se em 2011.[4] Após concluir o curso, foi designado para a seção de robótica do Departamento de Astronautas. Em outubro de 2011, ele integrou como aquanauta o projeto NEEMO 15, passando cerca de uma semana submersos no Aquarius, o laboratório submarino de pesquisas oceanográficas da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA) utilizado pela NASA para simular as condições de vida no espaço.[3]

Saint-Jacques foi ao espaço em 3 de dezembro de 2018, integrando a tripulação da nave russa Soyuz MS-11, junto com o comandante russo Oleg Kononenko e a engenheira de voo norte-americana Anne McClain.[5] Oficialmente designado para as expedições 58 e 59, ele também participou por duas semanas da Expedição 57 em virtude do acidente com a espaçonave anterior, Soyuz MS-10, que não pode levar à ISS os astronautas de sua tripulação designados para esta expedição. Durante seu tempo no espaço, ele fez uma caminhada espacial para uma atualização de baterias externas da estação, tornando-se o quarto canadense e o primeiro em 12 anos a "caminhar no espaço".[6] Encerrada a missão, depois de acumular 203 dias no espaço, retornou è Terra na MS-11, pousando nas estepes do Casaquistão na manhã de 25 de junho de 2019 (hora local: 08:47), onde a tripulação foi recolhida em segurança pelas equipes de apoio em terra.[7]

Ver também

Referências

  1. Spacefacts
  2. David Saint-Jacques. «Atmospheric Seeing in Space and Time: a study of atmospheric turbulence in Spain and England, 1994-98». University of Cambridge. Consultado em 16 de maio de 2009. Arquivado do original em 18 de maio de 2009 ; View as HTML.
  3. a b «NASA – Meet the NEEMO 15 Crew». NASA. Consultado em 13 de abril de 2019 
  4. «Astronaut Candidate Bio: David Saint-Jacques (10/2011)». NASA. Consultado em 13 de abril de 2019 
  5. «Soyuz resumes crew flights after launch failure, arrives at ISS». Russian space Web. Consultado em 13 de abril de 2019 
  6. «Astronaut David Saint-Jacques first Canadian to perform spacewalk in 12 years». The Hamilton Spectator (em inglês). 8 de Abril de 2019 
  7. «Soyuz MS-11 returns ISS trio back to Earth». Spaceflight.com. Consultado em 14 outubro 2019 
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
David Saint-Jacques
Listen to this article