Federico Fellini

Cineasta italiano (1920-1993) / De Wikipedia, a enciclopédia livre

Federico Fellini (Rimini, 20 de janeiro de 1920Roma, 31 de outubro de 1993) foi um diretor e roteirista de cinema italiano. Conhecido por seu estilo distinto, que mistura fantasia e imagens barrocas com terridez, ele é reconhecido como um dos maiores e mais influentes cineastas de todos os tempos.[1][2] Seus filmes foram classificados, em pesquisas como Cahiers du cinéma e Sight & Sound, como alguns dos melhores filmes de todos os tempos.

Quick facts: Federico Fellini, Oscares da Academia, Globos...
Federico Fellini
Federico Fellini
Outros nomes Federico
F. Fellini
Fellini
FeFe
Il Maestro
Nascimento 20 de janeiro de 1920
Rimini, Itália
Morte 31 de outubro de 1993 (73 anos)
Roma, Itália
Ocupação Diretor, roteirista
Atividade 1942 – 1993
Cônjuge Giulietta Masina (1943 – 1993)
Oscares da Academia
Oscar Honorário
1993 – Pelo Conjunto da Obra
Melhor Filme Estrangeiro
1957 - La Strada
1958 - Le notti di Cabiria
1964 –
1975 - Amarcord
Globos de Ouro
Melhor Filme Estrangeiro
1963 –
Prémios BAFTA
BAFTA Fellowship Award
Festival de Cannes
Palma de Ouro
1960 - La Dolce Vita
Melhor Diretor
1972 – Roma
Homenageado na 40ª edição
1987 – Intervista
Menção especial
1957 - Le notti di Cabiria
Festival de Veneza
Leão de Prata
1953
Prémio de Honra - Leão de Ouro
1985
Outros prêmios
Grande Prémio do Festival Internacional de Cinema de Moscovo
1963
Prémio Dourado do Festival Internacional de Cinema de Moscovo
1987
Página oficial
Close

Em uma carreira de quase cinquenta anos, Fellini ganhou a Palma de Ouro por La Dolce Vita, foi indicado a doze prêmios Óscar e ganhou quatro na categoria de melhor filme em língua estrangeira, o melhor para qualquer diretor da história da Academia. No Oscar 1993, em Los Angeles, ele recebeu um prêmio honorário.[3] Além de La Dolce Vita e , seus outros filmes conhecidos incluem La Strada, Le notti di Cabiria, Julieta dos Espíritos, Satyricon, Amarcord e Il Casanova di Federico Fellini.