Institut national de la statistique et des études économiques - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Institut national de la statistique et des études économiques.

Institut national de la statistique et des études économiques

Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada.
Foram assinalados vários problemas nesta página ou se(c)ção: As fontes não cobrem todo o texto.

O Institut national de la statistique et des études économiques, conhecido sob a sigla INSEE (em português, 'Instituto Nacional da Estatística e Estudos Econômicos') é o órgão oficial francês responsável pela coleta, análise e publicação de dados e informações sobre a economia e a sociedade da França. O INSEE realiza periodicamente o censo da nação, tendo funções análogas às do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística do Brasil e do Instituto Nacional de Estatística de Portugal. Está sediado em Paris.

Objetivos e tarefas

As principais atribuições do INSEE incluem:

  • Organizar e publicar o censo;
  • Produzir variados índices de qualidade, incluindo um índice de preços que mede a inflação, e índices que determinam as taxas de aluguéis e os custos associados à construção.
  • Constitui uma "divisão" francesa da Eurostat (a Eurostat não possui divisões trabalhando nos estados associados diretamente, porém utiliza as organizações locais) e é reconhecido como representante da França em questões internacionais de estatística.

Organização

O INSEE [1][2] é responsabilidade do Ministério de Economia, Finanças e Indústrias da França, o Ministério de Finanças da França - MINEFI (em francês: Ministère de l'Économie, des Finances et de l'Industrie).

Códigos e números INSEE

O INSEE dá códigos numéricos (em francês: les Codes INSEE) para classificar várias entidades francesas:

  • códigos INSEE (conhecidos como COG) são dados a várias unidades administrativas, como as comunas francesas (não coincidem com os códigos postais). O código 'completo' possui 8 dígitos e 3 espaços, mas há uma versão popular 'simplificada' com 5 dígitos e sem espaços:
  • números INSEE (13 dígitos + chave de dois dígitos) são números nacionais de identificação dados às pessoas.
    Têm o seguinte formato: "saammlllllooo kk", onde
    • s é "1" para homens, "2" para mulheres,
    • aa são os últimos dois dígitos do ano de aniversário da pessoa,
    • mm é o mês de nascimento,
    • lllll é o COG da cidade natal,
    • ooo é outro número que distingue pessoas que nasceram no mesmo local e na mesma data.
    • 'kk' é a "chave de controle", de soma igual a 97.
      Existem exceções para pessoas em situações particulares.[4]
  • Códigos SIREN são dados a empresas e associações voluntárias sem fins lucrativos, códigos SIRET aos seus estabelecimentos e afins.[5]

Ensino e pesquisas

O Ensino e as pesquisas para o INSEE são direcionados pelo Grupo de Escolas Nacionais de Economia e Estatísticas (francês: Groupe des Écoles Nationales d'Économie et Statistique) que inclui:

História

Estatísticas públicas na França antes do INSEE

O INSEE foi precedido por várias organizações responsáveis pela produção de estatísticas públicas. Em 1833, o Departamento de Estatísticas (francês: Bureau de la statistique) foi criado por Adolphe Thiers. Em 1840 ele foi renomeado SGF ou Estatísticas Gerais da França (francês: Statistique générale de la France).

Sob a direção de Lucien March, a SGF expandiu suas atividades. Começou a pesquisa de consumo interno em 1907, seguida por pesquisas periódicas dos preços de varejo em 1911. Em 1920 Alfred Sauvy introduziu uma competição através de exames para a admissão de funcionários para a SGF.

Contudo, foi René Carmille, um pioneiro no uso de calculadoras, que criou as fundações da organização moderna. Em 1940, o "Serviço Demográfico" (francês: service de la Démographie) foi criado sob o Ministério das Finanças a fim de substituir o escritório de recrutamento militar que fora proibido pelo Armistício firmado com a Alemanha nazista. Para melhor esconder seus empreendimentos, o Serviço Demográfico se fundiu com a SGF em 11 de Outubro de 1941. O novo órgão foi chamado SNS ou Serviço Nacional de Eastatísticas (francês: Service national des Statistiques). Com essa mudança, seis novos escritórios foram criados na zona norte (ocupada), cuja estrutura regional hoje é mantida no INSEE.

René Carmille criou uma Escola de Ciências Aplicadas (predecessora do atual ENSAE), com a função de formar funcionários para o SNS.

Criação do INSEE

Por uma lei de 27 de Abril de 1946, o SNS foi finalmente transformado no INSEE - Institut national de la statistique et des études économiques pour la métropole et la France d'outre-mer (em português, "Instituto nacional de estatística e estudos Econômicos para a França metropolitana e ultramar").

Lista de diretores do INSEE

  • Francis-Louis Closon, 1946-1961
  • Claude Gruson, 1961-1967
  • Jean Ripert, 1967-1974
  • Edmond Malinvaud, 1974-1987
  • Jean-Claude Milleron, 1987-1992
  • Paul Champsaur, 1992-2003
  • Jean-Michel Charpin, 2003

Referências

  1. http://www.spiegel.de/wirtschaft/unternehmen/nach-finanzkrise-frankreich-erlebt-job-boom-a-1193294.html
  2. https://www.insee.fr/fr/recherche?q=253.500&debut=0
  3. Ver também: Código Comunal (Portal em francês)
  4. «Normalisation du numéro INSEE des personnes physiques» (PDF) (em francês). Dsi.cnrs.fr. Arquivado do original (PDF) em 1 de julho de 2015 
  5. «Banco de dados SIRENE». Sirene.tm.fr. Consultado em 9 de novembro de 2018. Arquivado do original em 24 de maio de 2009 

Ligações externas

{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Institut national de la statistique et des études économiques
Listen to this article