John Archibald Wheeler

físico norte-americano / De Wikipedia, a enciclopédia livre

John Archibald Wheeler (Jacksonville, 9 de julho de 1911Hightstown, 13 de abril de 2008) foi um físico teórico estadunidense.

Quick facts: John Archibald Wheeler...
John Archibald Wheeler
John_Archibald_Wheeler_1985.jpg
John Archibald Wheeler
Archibald Wheeler antes da Conferência Hermann Weyl de 1985 em Kiel, Alemanha
Fissão nuclear
Relatividade geral
Teoria do campo unificado
Nascimento 9 de julho de 1911
Jacksonville
Morte 13 de abril de 2008 (96 anos)
Hightstown
Nacionalidade Estadunidense
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Johns Hopkins
Ocupação físico, físico nuclear, académico, escritor de não ficção, professor universitário, físico teórico
Prêmios Prêmio Albert Einstein (1965), Prêmio Enrico Fermi (1968), Medalha Franklin (1969), Medalha Nacional de Ciências (1970), Medalha de Ouro Internacional Niels Bohr (1982), Prêmio Memorial J. Robert Oppenheimer (1984), Medalha Albert Einstein (1988), Prêmio Marcel Grossmann (1989), Medalha Benjamin Franklin (1989), Medalha Oskar Klein (1992), Medalha Matteucci (1993), Prêmio Wolf de Física (1996/1997), Prêmio Einstein (2003)
Empregador Universidade de Princeton, Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, Universidade de Leiden, Universidade do Texas em Austin, Universidade de Leiden
Orientador(es) Karl Herzfeld[1]
Orientado(s) Jacob Bekenstein, Demetrios Christodoulou, Hugh Everett, Richard Feynman, Robert Geroch, Bei-Lok Hu, Arkady Kheyfets, John Klauder, Warner A. Miller, Charles Misner, Milton Plesset, Kip Thorne, Bill Unruh, Robert Wald, Arthur Wightman
Instituições Universidade da Carolina do Norte
Universidade Princeton
Universidade do Texas
Campo(s) Física
Obras destacadas Gravitation theory and gravitational collapse
Causa da morte Pneumonia
Close

Um dos últimos colaboradores de Albert Einstein, tentou formular a concepção de Einstein de uma teoria do campo unificado.

Introduziu a Matriz S, fundamental na física de partículas. Foi um dos pioneiros na teoria de fissão nuclear.

Também é conhecido por cunhar o nome popular para o fenômeno espacial das estrelas colapsadas gravitacionalmente, a expressão buraco negro. Acadêmicos orientados por ele incluíram Richard Feynman e Kip Thorne.