cover image

Kiev[lower-alpha 1] ou Kyiv, também conhecida como Quieve,[lower-alpha 2] (em ucraniano: Київ, transl. Kyїv, Pronúncia ucraniana: [ˈkɪjiu̯] (escutar?·info)) é a capital e a cidade mais populosa da Ucrânia. Fica no centro-norte do país, ao longo do rio Dnieper. Em 1.º de janeiro de 2021, sua população era de 2 962 180 habitantes,[23] tornando Kiev a sétima cidade mais populosa da Europa.[24]

Quick facts: Kyiv/Київ (ucraniano) ,   C...
Kyiv/Київ (ucraniano)
  Cidade  
Do topo e esquerda para direita: Palácio Mariyinsky, Casa com Quimeras, monumento da Praça da Independência, Mosteiro de São Miguel das Cúpulas Douradas, Red University Building e vista da cidade e do rio Dniepre.
Símbolos

Bandeira

Brasão de armas
Apelido(s) Quievano
Localização

Kyiv/Київ (ucraniano)
Mapa de Kiev
Coordenadas 50° 27' N 30° 31' 24" E
País  Ucrânia
Oblaste Cidade independente
História
Fundação século V
Administração
Sede Вул. Хрещатик 36
01044 м. Київ
Distritos
Prefeito Vitali Klitschko
Características geográficas
Área total 839 km²
População total (2021[1]) [2] 2 962 180 hab.
Densidade 3 112 hab./km²
Altitude 179 m
Fuso horário EET (UTC+2)
Horário de verão EEST (UTC+3)
Código postal 01xxx-04xxx
Código de área +380 44
Outras informações
Placa veículo AA (antes de 2004: КА,КВ,КЕ,КН,КІ,KT)
Santo padroeiro São Miguel Arcanjo
Sítio www.kyivcity.gov.ua
Close

Kiev é um importante centro industrial, científico, educacional e cultural da Europa Oriental. É o lar de muitas indústrias de alta tecnologia, instituições de ensino superior e marcos históricos. A cidade possui um extenso sistema de transporte público e infraestrutura, incluindo o metrô de Kiev.

Diz-se que o nome da cidade deriva do nome de Kyi, um de seus quatro fundadores lendários. Durante sua história, Kiev, uma das cidades mais antigas do Leste Europeu, passou por vários estágios de destaque e obscuridade. A cidade provavelmente existia como um centro comercial já no século V. Um assentamento eslavo na grande rota comercial entre a Escandinávia e Constantinopla, Kiev era um afluente dos cazares,[25] até sua captura pelos varangianos (vikings) em meados do século IX. Sob o domínio varangiano, a cidade tornou-se a capital da Rússia de Kiev, o primeiro estado eslavo oriental. Completamente destruída durante as invasões mongóis em 1240, a cidade perdeu a maior parte de sua influência nos séculos seguintes. Era uma capital de província de importância marginal na periferia dos territórios controlados por seus poderosos vizinhos, primeiro a Lituânia, depois a Polônia e finalmente a Rússia.[26]

A cidade prosperou novamente durante a Revolução Industrial do Império Russo no final do século XIX. Em 1918, depois que a República Popular da Ucrânia declarou independência da Rússia Soviética, Kiev tornou-se sua capital. A partir de 1921, Kiev foi uma cidade da Ucrânia Soviética, proclamada pelo Exército Vermelho e, a partir de 1934, Kiev tornou-se sua capital. A cidade foi quase completamente arruinada durante a Segunda Guerra Mundial, mas rapidamente se recuperou nos anos do pós-guerra, permanecendo a terceira maior cidade da União Soviética.

Após o colapso da União Soviética e a independência da Ucrânia em 1991, Kiev permaneceu como capital e experimentou um fluxo constante de migrantes ucranianos de outras regiões do país.[27] Durante a transformação do país em uma economia de mercado e democracia eleitoral, Kiev continuou a ser a maior e mais rica cidade da Ucrânia. Sua produção industrial dependente de armamentos caiu após o colapso soviético, afetando negativamente a ciência e a tecnologia, mas novos setores da economia, como serviços e finanças, facilitaram o crescimento de salários e investimentos de Kiev, além de fornecer financiamento contínuo para o desenvolvimento de moradias e infraestrutura urbana. Kiev emergiu como a região mais pró-ocidental da Ucrânia; partidos que defendem uma integração mais estreita com a União Europeia dominam durante as eleições.[28][29][30][31][32][33][34][35][36][37][38][39][40]

Oops something went wrong: