Lionel Andrés Messi Cuccittini (Rosário, 24 de junho de 1987) é um futebolista argentino que atua como atacante. Atualmente joga pelo Paris Saint-Germain e pela Seleção Argentina, onde é capitão.

Quick facts: Informações pessoais, Nome completo, Data de ...
Lionel Messi
Messi em outubro de 2021
Informações pessoais
Nome completo Lionel Andrés Messi Cuccittini[1]
Data de nasc. 24 de junho de 1987 (35 anos)
Local de nasc. Rosário, Argentina
Nacionalidade
Altura 1,70 m[4]
canhoto
Apelido Leo, D10S, La Pulga Atómica
Messias, ET,[5][6] Mágico[7][8]
Informações profissionais
Clube atual Paris Saint-Germain
Número 30
Posição atacante
Site oficial messi.com
Clubes de juventude
1995–2000
2000–2003
Newell's Old Boys
Barcelona
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003–2004
2004–2005
2004–2021
2021–
Barcelona C
Barcelona B
Barcelona
Paris Saint-Germain
0010 0000(5)
0022 0000(6)
0778 00(672)
0053 000(23)
Seleção nacional3
2004–2005
2007–2008
2005–
Argentina Sub-20
Argentina Sub-23
Argentina
0018 000(14)
0005 0000(2)
0169 000(94)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 13 de novembro de 2022.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 26 de novembro de 2022.

Medalhas
Argentina
OuroPequim 2008Equipe
Close
Autógrafo

Messi é frequentemente considerado o melhor jogador do mundo[9][10] e na opinião da grande maioria dos especialistas do esporte, sua qualidade técnica, jogadas, velocidade, habilidade na perna esquerda, trabalho de equipe e extraordinária vocação para o gol, o tornam um dos melhores futebolistas de todos os tempos,[11] com alguns ainda o colocando como o melhor jogador de sempre.[12] Ele possui um recorde de sete Bolas de Ouro/Melhor Jogador do Mundo pela FIFA, quatro dos quais ele ganhou consecutivamente, um recorde de seis Chuteiras de Ouro, e em 2020 foi escalado no Dream Team da Bola de Ouro. Passou quase toda a sua carreira profissional no Barcelona, onde é o maior goleador do clube e recordista de troféus, conquistando 35 troféus, incluindo dez títulos da La Liga (Campeonato Espanhol), quatro títulos da Liga dos Campeões da UEFA e sete Copas do Rei, entre outros. Um goleador prolífico e um craque criativo, Messi detém o recorde de mais gols pelo Campeonato Espanhol (474), mais gols marcados em uma única edição do Campeonato Espanhol e de uma liga europeia (50), mais hat-tricks na Liga dos Campeões (8), mais hat-tricks pelo Campeonato Espanhol (36), maior assistente do Campeonato Espanhol (205), mais assistências em uma única edição do Campeonato Espanhol e de uma liga europeia (21),[13] maior assistente da Copa América (17) e futebolista com mais gols em um único ano (91). Ele já marcou mais de 750 gols na carreira pelo clube e pela Seleção[nota 2] e é o jogador com mais gols oficiais por um único clube.

Nascido e criado em Rosário, na Argentina, Messi foi diagnosticado com uma deficiência do hormônio do crescimento quando criança, então com 13 anos, se mudou para a Espanha para ingressar no Barcelona, que concordou em pagar por seu tratamento médico. Pelo Barcelona, Messi fez sua estreia aos 17 anos em outubro de 2004. Estabeleceu-se como jogador integral do clube nos próximos três anos. Pela sua primeira grande temporada em 2008–09, ele ajudou o Barcelona a alcançar a primeira tríplice coroa do futebol espanhol; naquele ano, com 22 anos, Messi ganhou seu primeiro Ballon d'Or. Três temporadas de sucesso se seguiram, com Messi vencendo três Ballons d'Or consecutivos, incluindo um quinto sem precedentes.

Durante a temporada 2011–12, ele estabeleceu o recorde de mais gols marcados em uma única temporada pelo Campeonato Espanhol e mais gols marcados em uma única temporada europeia, enquanto se estabeleceu como o maior goleador de todos os tempos do Barcelona. Nas duas temporadas seguintes, Messi terminou em segundo lugar no Ballon d'Or, atrás de Cristiano Ronaldo, seu principal rival na carreira. Messi recuperou sua melhor forma durante a temporada 2014–15, tornando-se o maior goleador de todos os tempos do Campeonato Espanhol e levando o Barcelona a uma segunda tríplice coroa, após o qual ele recebeu o quinto Ballon d'Or em 2015. Messi se tornou capitão do Barcelona em 2018 e em 2021 recebeu seu sétimo Ballon d'Or, estabelecendo-se novamente como o maior vencedor do prêmio.

Pela Seleção Argentina, Messi é o maior goleador de todos os tempos.[14] No nível Sub-20, ele venceu a Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2005, terminando o torneio com a Bola de Ouro e Chuteira de Ouro, e venceu também uma medalha de ouro olímpica nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008. Seu estilo de jogo e seus dribles com o pé esquerdo gera comparações com seu compatriota Diego Maradona, que descreveu Messi como seu sucessor.[15] Após sua estreia na seleção principal em agosto de 2005, Messi tornou-se o mais jovem argentino a jogar e marcar um gol em uma Copa do Mundo FIFA (durante a edição de 2006) e chegou à final da Copa América de 2007, onde foi nomeado o melhor jovem jogador do torneio. Após ser nomeado capitão da seleção em agosto de 2011, ele levou a Argentina a três finais consecutivas: a Copa do Mundo FIFA de 2014, pela qual ganhou o prêmio de melhor jogador, e as Copas América de 2015 e 2016. Após se frustrar na final da Copa América de 2016 ele anunciou sua aposentadoria internacional,[16] mas reverteu sua decisão e qualificou seu país para a Copa do Mundo FIFA de 2018 e conseguiu o terceiro lugar na Copa América de 2019. Em 2021 conquistou seu primeiro título com a seleção principal ao vencer a Copa América de 2021, sendo eleito melhor jogador e artilheiro da competição.

Um dos atletas mais famosos do mundo, Messi é patrocinado pela empresa de roupas esportivas Adidas desde 2006 e desde então, se estabeleceu como o principal endossador.[17][18] De acordo com a France Football, Messi foi o jogador mais bem pago do mundo em cinco dos seis anos entre 2009 e 2014, e foi classificado como o atleta mais bem pago do mundo pela Forbes em 2019.[19] Ele estava entre as 100 pessoas mais influentes da Time no mundo em 2011 e 2012.[20] Em fevereiro de 2020, foi premiado com o prêmio Laureus de atleta masculino do ano, tornando-se o primeiro futebolista e também o primeiro atleta de esportes coletivos a ganhar o prêmio. Mais tarde naquele ano, Messi se tornou o segundo jogador de futebol (e segundo atleta de esporte coletivos) a ultrapassar US$ 1 bilhão em ganhos na carreira.[21]

Oops something went wrong: