cover image

Malta, oficialmente República de Malta (em maltês: Repubblika ta' Malta [rɛˈpʊbb.lɪ.kɐ ˈtɐ ˈmɐl.tɐ]; em inglês: Republic of Malta [ɹɪˈpʌblɪk ɒv mɒltə] (escutar )), é um país insular localizado no Sul da Europa, cujo território ocupa as Ilhas Maltesas, um arquipélago situado no Mar Mediterrâneo, 93 km ao sul da ilha da Sicília (Itália) e 288 km a nordeste da Tunísia (África), 1 826 km a leste de Gibraltar e 1 510 quilômetros a oeste de Alexandria.[5]


República de Malta
Repubblika ta' Malta (maltês)
Republic of Malta (inglês)
Brasão de armas de Malta
Bandeira Brasão de armas
Hino nacional: L-Innu Malti
Gentílico: Maltês

Localização de Malta

Localização de Malta (em verde)
Na União Europeia (em verde claro)
No continente europeu (em cinza)
Capital Valeta
Cidade mais populosa St. Paul's Bay
Língua oficial Maltês e inglês
Religião oficial Católica romana[1]
Governo República parlamentarista unitária
 Presidente George Vella
 Primeiro-ministro Robert Abela
Legislatura Parlamento
Independência do Reino Unido 
 Data21 de setembro de 1964 
Entrada na UE 1.º de maio de 2004
Área  
   Total316 km² (185.º)
  Água (%) 0,0010
População  
   Estimativa para 2020452 542[2] hab. (171.º)
  Censo 2010 417 617[3] hab. 
  Densidade 1 321,6 hab./km² (7.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2019
  TotalUS$ 22,802 bilhões (143.º)
  Per capitaUS$ 48,246 (40.º)
IDH (2019) 0,895 (28.º)  muito alto[4]
Moeda Euro (EUR)
Fuso horário CET (UTC+1)
  Verão (DST) CEST (UTC+2)
Cód. Internet .mt
Cód. telef. +356

Malta abrange uma área terrestre de 316 km², sendo um dos menores países da Europa, possuindo também a maior densidade demográfica do continente.[6][7][8] Sua capital é Valeta e a maior cidade é Birkirkara. O Maltês é a língua nacional e o inglês é a língua co-oficial.

Devido aos eventos históricos que se passaram ao longo dos anos, Malta tornou-se um país anglo-latino, pelas principais influências dos Impérios Romano e mais tarde Britânico, apesar de existir influências menores deixadas por outros reinos que passaram por Malta, como a Grécia e os Impérios Islamico e Bizantino e mais tarde a presença dos espanhóis e franceses. Malta é um dos países mais estratégicos na Europa e para a NATO, como a Itália, Portugal, Turquia e outros. Malta também pode ser considerada como país anglo-latino por algumas parecenças do Maltês com outras línguas latinas e até com o próprio Latim, e também pela utilização do inglês por parte de alguns cidadãos, pela influência deixada pelos britânicos.

Ao longo da história, a localização de Malta deu-lhe grande importância estratégica[9] e uma sucessão de potências, incluindo fenícios, gregos, romanos, bizantinos, árabes, mouros, normandos, aragoneses, a Espanha dos Habsburgos, os Cavaleiros de São João, franceses e britânicos governaram a ilha. Malta ganhou a sua independência do Reino Unido em 1964[10] e tornou-se uma república em 1974, mantendo associação na Commonwealth. É um membro das Nações Unidas (desde 1.º de dezembro de 1964) e um membro da União Europeia desde 1.º de maio de 2004. Malta é também parte do Acordo de Schengen (desde 2007)[11] e membro da Zona do Euro (desde 2008).