A marinha é o conjunto das organizações e dos meios (pessoal, equipamentos, infraestruturas e outros recursos) dedicados às atividades marítimas, sobre tempo de guerra ou paz.

A âncora de cepo, o emblema quase universal da marinha.

A marinha subdivide-se em:

  • Marinha de guerra ou Armada (caso de Guerra Naval): organização militar responsável e encarregada da defesa e policiamento naval de um país, quer em ambiente marítimo quer nos ambientes fluvial, lacustre e aéreo - marítimo ou aéreo - naval. A sua acepção mais recente tem origem no mercantilismo medieval português;[1]
  • Observação: se torna responsável em caso de guerra naval, pela Marinha Mercante estabelecendo chefias-navais. Em alguns países, esse estado de guerra, faz - se necessário o denominado de "estandarte de guerra", [carece de fontes?] muda a bandeira em alguns países a nível da Armada e, em alguns casos do próprio país quando "Guerra Total Nacional";[carece de fontes?],
  • Marinha mercante: conjunto das organizações - navais encarregue e dos meios civis em tempo de paz; e dedicados às atividades marítimas - navais, de características fluviais e lacustres. Além de incluir as atividades portuárias e auxiliares comuns aos seus vários ramos navais, a marinha mercante subdivide-se em:
    • Marinha de comércio ou Transporte (em tempo de guerra): que reúne os meios dedicados ao transporte de mercadorias (equipamentos, em tempo de guerra) e de pessoas (soldados, em tempo de guerra);
    • Marinha de pesca: que reúne os meios dedicados à pesca;
    • Marinha de recreio (espionagem, em tempo de guerra): que reúne os meios dedicados ao desporto e outras atividades de recreativas.

Oops something went wrong: