Medalha de ouro é uma medalha concedida pelas mais altas conquistas em atividades não militares. Seu nome vem do uso nela de ao menos uma fração de ouro em forma de liga metálica ou chapeamento.

Ouro, prata e bronze nos Jogos Olímpicos de Inverno de 1964 no (Museu Olímpico).

Desde o século XVIII medalhas de ouro tem sido agraciadas nas artes, como, por exemplo, a Real Academia Dinamarquesa de Ciências, que as concedia geralmente como um símbolo de um prêmio para dar a um estudante excepcional alguma liberdade financeira. Outras oferecem apenas o prestígio da própria medalha. Atualmente, diversas organizações importantes concedem medalhas de ouro anualmente ou esporadicamente, incluindo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura e várias sociedades acadêmicas. Enquanto a maioria destas medalhas são de ouro puro, algumas exceções notáveis são banhadas a ouro ou são de prata dourada, como as dadas nos Jogos Olímpicos, a Medalha Lorentz, a Medalha de Ouro do Congresso dos Estados Unidos e a medalha do Prêmio Nobel. As medalhas do Nobel consistem de 18 quilates de ouro verde revestidas com ouro de 24 quilates.[1]

Oops something went wrong: