Milcíades - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Milcíades.

Milcíades

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Fevereiro de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Milcíades
Nascimento 540 a.C.
Atenas
Morte 488 a.C. (52 anos)
Atenas
Cidadania Atenas
Filho(s) Címon, Elpinice
Ocupação político, líder militar, militar

Milcíades, o Jovem (em grego: Μιλτιάδης ὁ Νεώτερος, Miltiádēs ho Neōteros; ca. 550 a.C.489 a.C.) foi um general (estratego) helênico nascido em Atenas. Comandou a vitória sobre os persas em Maratona[1], que livrou a Grécia de um poderoso ataque pelas forças de Dario I por volta de 490 a.C.. No princípio do século V a.C. transformou Atenas na maior potência da antiga Grécia.

Antepassados

Milcíades era filho de Címon, irmão, por parte de mãe, de Milcíades, o Velho;[2] o nome do pai de Címon era Stesagoras.[3] Milcíades, o Velho, governava o principado ateniense de Quersoneso da Trácia; morrendo sem filhos, foi sucedido por Stesagoras, filho de Címon.[2]

Tirano do Quersoneso

Após o assassinato de Stesagoras,[2] Milcíades foi enviado ao Quersoneso pelos filhos de Pisístrato,[Nota 1] e tornou-se o tirano do Quersoneso.[4] Milcíades se casou com Hegesípile, filha do rei Oloro, da Trácia.[4][5]

Inicialmente teve de submeter-se ao poder de Dario I da Pérsia. Insatisfeito participou da insurreição jônica contra os persas e tomou para Atenas as ilhas de Lemnos e Imbros (499 a.C.). Ameaçado pela esquadra do imperador (495 a.C.), fugiu de Quersoneso e levou sua fortuna para Atenas, onde se tornou o mais poderoso dos dez generais do exército ateniense.

Primeira Guerra Médica

Quando Dario desembarcou em Maratona (490 a.C.), ele já se encontrava estrategicamente instalado nas colinas ao redor da baía em que estavam ancorados os barcos persas, e esperou o momento em que a cavalaria invasora estava sem condições de entrar em combate e atacou a infantaria, causando cerca de 6.400 baixas ao inimigo, que perdeu ainda sete navios. Movido pela vaidade de vencedor comandou uma malograda expedição naval (489 a.C.) contra as ilhas que haviam apoiado a Pérsia. Ferido e com a perna gangrenada, foi preso, acusado de infidelidade por seus inimigos atenienses. Condenado a pagar uma multa de cinqüenta talentos, ficou preso até que pagasse a dívida, e morreu na prisão, em Atenas[6].

Filhos

O nome do seu pai, Címon,[6] foi dado ao seu filho Címon[5] com Hegesípile, filha do rei Oloro, da Trácia[5]. Outros seus filhos, de outras mulheres, foram Elpinice,[7][8] que se casou com Cálias II,[8] e seu filho mais velho Metiochos, que foi capturado pelos fenícios, levado a Dario I e bem tratado, recebendo casa e uma mulher persa.[9]

Historiadores modernos, baseados no fato de que o pai do historiador Tucídides se chamava Oloro,[5] da deme Halimous,[10] e de que o túmulo de Tucídides se localizou ao lado do túmulo de Elpinice,[10] sugerem que Tucídides seria descendente de Milcíades: Oloro seria filho de uma filha (de nome desconhecido) de Milcíades e Hegesípile, casada com um ateniense da deme Halimous.[11]

Ver também

Árvore genealógica baseada nos artigos dos diversos personagens citados na mesma (síntese):

Stesagoras
Mãe de Címon e Milcíades
Címon
Milcíades
Oloro
Stesagoras
Milcíades
Hegesípile
Metiochos
Elpinice
Címon

Notas e referências

Notas

  1. Os filhos de Pisístrato eram os tiranos Hípias e Hiparco

Referências

  1. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Temístocles, 3.3
  2. a b c Heródoto, Histórias, Livro VI, Erato, 38 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  3. Heródoto, Histórias, Livro VI, Erato, 34 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  4. a b Heródoto, Histórias, Livro VI, Erato, 39 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  5. a b c d Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Címon, 4.1
  6. a b Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Címon, 4.3
  7. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Címon, 4.5
  8. a b Cornélio Nepos, As vidas dos grandes comandantes, Cimon, 1
  9. Heródoto, Histórias, Livro VI, Erato, 41 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  10. a b Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Címon, 4.2
  11. Dictionary of Literary Biography, Thucydides
Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Milcíades
Listen to this article