cover image

Montenegro (em montenegrino: Crna Gora / Црна Гора, pronunciado AFI: [t͡sr̩̂ːnaː ɡɔ̌ra] (escutar?·info), literalmente "montanha negra") é uma pequena república montanhosa situada nos Balcãs, no sudeste da Europa, que faz fronteira com o mar Adriático a sudoeste, com a Albânia e o Cosovo a sudeste, com a Bósnia e Herzegovina e uma pequena fronteira com a Croácia a noroeste, e com a Sérvia a nordeste. A sua capital é a cidade de Podgoritza.[1]


Montenegro
Црна Гора
Crna Gora
Brasão do Montenegro
Bandeira Brasão de armas
Lema: Црна Гора велика будућност државе "Montenegro é o grande futuro do país"
Hino nacional: Oj, svijetla majska zoro
(Oh , clara alvorada de maio)
Gentílico: Montenegrino(a)

Localização do Montenegro

Localização do Montenegro (em vermelho)
No continente europeu (em amarelo)
Capital Podgoritza[1]
42°47′N 19°28′E
Cidade mais populosa Podgoritza
Língua oficial Montenegrino
Governo República parlamentarista
 Presidente Milo Đukanović
 Primeiro-ministro Dritan Abazović
Independência da Sérvia e Montenegro 
 Data (declarada)3 de junho de 2006 
 Reconhecida5 de junho de 2006 
Área  
   Total13 810 km² (160.º)
  Água (%) 1,5
 Fronteira
População  
   Estimativa para 2018678 901[2] hab. (164.º)
  Censo 2011 620 029[3][4] hab. 
  Densidade 50 hab./km² (121.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2019
  TotalUS$ 12,310 bilhões[5] (146.º)
  Per capitaUS$ 19,734[5] (74.º)
IDH (2019) 0,829 (48.º)  muito alto[6]
Moeda Euro (EUR)
Fuso horário CET (UTC+1)
  Verão (DST) CEST (UTC+2)
Cód. ISO MNE
Cód. Internet .me
Cód. telef. ++382
Website governamental www.gov.me

Entre 1945 e 1991, e desde então até 2003, foi uma das repúblicas constituintes da República Socialista da Jugoslávia e da República Federal da Jugoslávia, respectivamente; desde então e até junho de 2006, foi uma das duas repúblicas que integraram o Estado da Sérvia e Montenegro.

Em 21 de maio de 2006 realizou-se um referendo para determinar a vontade do povo de se tornar independente ou de manter a união com a Sérvia. Os resultados indicaram que 55,5% dos eleitores haviam escolhido a independência, poucos décimos acima dos 55% requeridos pelo referendo. Em 3 de junho de 2006 o parlamento montenegrino declarou oficialmente a independência do novo país, mas só obteve aceitação da ONU no dia 28 de junho do mesmo ano.

Em 2018, o Montenegro estava em negociações para integrar a União Europeia, após a sua candidatura de adesão ter sido aceita em 2010.

Oops something went wrong: