Nabil Maâloul - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Nabil Maâloul.

Nabil Maâloul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta página cita fontes confiáveis, mas que não cobrem todo o conteúdo. Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico) (Junho de 2018)
Nabil Maâloul
نبيل معلول‎
Nabil Maâloul em 2018
Informações pessoais
Nome completo Nabil Maâloul
Data de nasc. 25 de julho de 1962 (58 anos)
Local de nasc. Tunes, Tunísia
Informações profissionais
Posição Ex-meia
Função Treinador
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1981–1989
1989–1991
1991–1994
1994
1994–1995
1995–1996
Espérance de Tunis
Hannover 96
Espérance de Tunis
Al-Ahli Jeddah
Bizertin
Club Africain
Seleção nacional
1985–1995 Tunísia 0074 000(11)
Times/Equipas que treinou
1997–1998
2002–2004
2003–2004
2004–2005
2005–2006
2006–2008
2010–2012
2012–2013
2013
2014
2014–2017
2017–2018
2018–2019
Olympique du Kef
Tunísia (Auxiliar-técnico)
Tunísia (Equipe olímpica)
Club Africain
Bizertin
Tunísia (Auxiliar-técnico)
Espérance de Tunis
Espérance de Tunis
Tunísia
El-Jaish
Kwait
Tunísia
Al-Duhail

Nabil Maâloul (em árabe: نبيل معلول; Tunes, 25 de julho de 1962) é um treinador de futebol e ex-futebolista tunisiano que atuava como meio-campista. É atualmente o treinador da seleção nacional.[1][2][3]

Carreira

Começou a jogar futebol com a idade de 6 ou 7 anos, seguindo o exemplo de seu pai. Ele começou sua carreira profissional no Espérance de Tunis em 1980, aos 18 anos, e, em seguida, largou os estudos.

Durante 2 temporadas, jogou pelo Hannover 96, voltando ao Espérance em 1991. Defendeu ainda Al-Ahli Jeddah, Bizertin e Club Africain, onde pendurou as chuteiras com o título do Campeonato Tunisiano de 1995-96, conquistando um heptacampeonato nacional - ele vencera a competição por outras 6 oportunidades, quando atuava pelo Espérance.

Seleção Tunisiana

Pela Seleção Tunisiana, Maâloul jogou 74 partidas e marcou 11 gols durante uma década. Integrou o elenco que participou das Jogos Olímpicos de Seul, em 1988.

Carreira de treinador

Após a aposentadoria como jogador, tornou-se treinador em 1997, comandando o Olympique du Kef. Em 2002, tornou-se assistente de Roger Lemerre, quando a Seleção Tunisiana venceu Copa Africana de Nações de 2004. Deixou o cargo em 2005 para comandar o Club Africain, e em setembro de 2006, voltou a integrar a comissão técnica das Águias de Cartago, novamente como auxiliar-técnico. Enquanto isso, teve uma breve passagem como treinador do Bizertin no início da temporada 2005-2006, com resultados pouco convincentes. Passou também por Espérance, El-Jaish e Seleção do Kuwait, onde esteve na Copa da Ásia de 2015.

Em 27 de abril de 2017, Maâloul tornou-se o treinador da Seleção Tunisiana novamente - sucedendo o polonês Henryk Kasperczak - e conseguiu levar a sua equipe de volta para a Copa do Mundo de 2018, pela primeira vez desde 2006 e tornando-se o segundo treinador nativo a qualificar o selecionado ao torneio desde Abdelmajid Chetali, que comandara a seleção em 1978.

Referências

  1. «Tunisia matches». Fédération Internationale de Football Association. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  2. «Tunisia». Soccer Way. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  3. «Nabil Maaloul: «Portugal vai jogar de uma forma muito positiva neste Mundial»». Correio da Manhã 
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Nabil Maâloul
Listen to this article