Neutrino estéril - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Neutrino estéril.

Neutrino estéril

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Este artigo ou secção contém uma lista de referências no fim do texto, mas as suas fontes não são claras porque não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. Ajude a melhorar este artigo inserindo citações no corpo do artigo. (Novembro de 2019)
Este artigo carece de reciclagem de acordo com o livro de estilo. Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior. (Agosto de 2019)

Os neutrinos, algumas das partículas mais numerosas do Universo, também estão entre as mais misteriosas. Os neutrinos estéreis são partículas que são semelhantes aos neutrinos normais, com exceção do fato de que elas são muito mais massivas e não interagem com a força fraca[1].

Interior do tanque MiniBooNE. Os fotodetectores captam a luz criada quando um neutrino interage com um núcleo atômico
Interior do tanque MiniBooNE. Os fotodetectores captam a luz criada quando um neutrino interage com um núcleo atômico

A existência dessa partícula foi sugerida pela primeira vez há décadas, mas os cientistas nunca conseguiram encontrar provas concretas que confirmassem que a partícula realmente existe. Pelo contrário: muitas experiências contradizem os resultados iniciais. Agora, os novos dados deixam os cientistas na dúvida. Se os neutrinos estéreis forem reais, isso significa que há algo muito estranho acontecendo no Universo, que faz com que as experiências de física mais avançadas se contradigam.

Essa incerteza remonta a meados da década de 1990, quando o Liquid Scintillator Neutrino Detector (LSND), do Laboratório Nacional de Los Alamos, nos Estados Unidos (EUA), encontrou evidências de uma misteriosa partícula: o neutrino estéril. Contudo, o resultado nunca mais voltou a ser observado, fazendo com que a ideia fosse deixada de lado. Se o neutrino estéril for real vai ajudar a explicar como a matéria escura morna interage no Cosmos.

Algumas das partículas existentes, como os quarks e os elétrons, são fáceis de imaginar: são, nada mais, nada menos, do que componentes dos átomos que constituem tudo o que existe no Universo. Outras partículas, como os três neutrinos já conhecidos, são muito mais abstratas. São partículas de alta energia que fluem pelo Universo e interagem muito pouco com outras partículas, isso porque a interação é feita através da força fraca e da gravidade.

Veja também

Referências

  1. «Matéria escura». Wikipédia, a enciclopédia livre. 18 de junho de 2019 
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Neutrino estéril
Listen to this article