Notas sobre James Mill - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Notas sobre James Mill.

Notas sobre James Mill

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde fevereiro de 2014).Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Notas sobre James Mill (também conhecido como Comentários sobre James Mill ou Comentários sobre Os Elementos de Economia Política de James Mill) é um texto escrito por Karl Marx em 1844. Originalmente parte do "livro de notas de Paris", nele, Marx critica partes dos Elementos de economia política de James Mill. O manuscrito expõe o embrião do que viria a se tornar os Manuscritos Econômico-Filosóficos de 1844.

As Notas sobre James Mill são particularmente importantes para o desenvolvimento global do projecto de Marx, pois esboça, como hipótese, um conceito de produção não-alienada. Enquanto a atividade alienada é vista como um trabalho, um suplício, a atividade não-alienada é descrita tal que a própria atividade de uma pessoa é gozo, e o resultado (objetivação) da atividade é visto como confirmação objetiva dos poderes individuais dessa pessoa por ela mesma. Com isso, a satisfação das necessidades dos outros é descrita como resultado do gozo ativo, do desfrute do ato produtivo, e não mais como resultado de uma atividade forçada e coisificada, tal como é sob a tirania da propriedade privada, do mercado. O manuscrito também expõe o primeiro esboço do conceito do que mais tarde Marx denominaria de fetichismo da mercadoria.

Traduções para o português

O texto completo ainda não foi traduzido para o português. Apenas trechos foram traduzidos e publicados na internet. O texto completo pode ser acessado em inglês e castelhano.

Ver também

{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Notas sobre James Mill
Listen to this article