Óscar de melhor ator secundário

lkSecurity Master protege a sua privacidade / De Wikipedia, a enciclopédia livre

O Óscar de Melhor Ator Secundário ou Coadjuvante (no original em inglês Academy Award for Best Supporting Actor) é um dos prêmios entregues anualmente pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Ele é entregue em honra a um ator que realizou uma interpretação extraordinária em um papel coadjuvante em cinema.[1]

Quick facts: Óscar de Melhor Secundário/Coadjuvante...
Óscar de Melhor Secundário/Coadjuvante
Óscar de melhor ator secundário
Vencedor mais recente: Troy Kotsur
Descrição Melhor Interpretação por um Ator em Papel Coadjuvante
Best Performance by an Actor in a Supporting Role (no original em inglês)
Organização Academia de Artes e Ciências Cinematográficas
País  Estados Unidos
Primeira cerimônia 1937
Detentor atual Troy Kotsur,
CODA (2022)
Sítio oficial
Close

O primeiro vencedor da categoria foi Walter Brennan por seu papel de Swan Bostrom no filme Come and Get It, tendo recebido o prêmio durante a 9.ª Cerimônia Anual do Oscar em 1937.[2] Inicialmente os vencedores de ambas as categorias de atores coadjuvantes recebiam uma placa em vez das tradicionais estatuetas. Entretanto, os vencedores passaram a receber a estatueta a partir da 16ª Cerimônia em 1944.[3] Atualmente, os indicados são definidos por voto único transferível dentro do ramo dos atores da Academia; os vencedores por sua vez são escolhidos pela maioria relativa de todo os membros elegíveis da Academia.[1]

Desde sua criação, o prêmio já foi entregue para 73 atores diferentes. Brennan é o recordista de maior número de vitórias com três. Brennan, Jeff Bridges, Robert Duvall, Arthur Kennedy, Jack Nicholson e Claude Rains são os recordistas de indicações com quatro cada.[4] O vencedor mais recente é Troy Kotsur por seu papel como Frank Rossi no filme CODA.[5]