Petrolina é um município brasileiro do interior do estado de Pernambuco, distante 712 km a oeste de Recife, capital estadual.[1] Possui uma extensão territorial de 4 561,872 km², estando 244,8 km² em perímetro urbano e os 4 317,072 km² restantes integrando a zona rural.[7] Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2021 sua população foi estimada em 359 372 habitantes, o que faz de Petrolina a quarta maior cidade do interior nordestino, após Feira de Santana, Campina Grande e Caruaru (esta última a mais populosa do interior de Pernambuco).[3] O município é integrante da Região Administrativa Integrada de Desenvolvimento do Polo Petrolina e Juazeiro, a maior RIDE/região metropolitana do interior do Nordeste, com 769.544 habitantes.[3][8]

Quick facts: Petrolina ,   Município do B...
Petrolina
  Município do Brasil  
Símbolos

Bandeira

Brasão de armas
Hino
Gentílico petrolinense
Localização
Localização de Petrolina em Pernambuco
Localização de Petrolina em Pernambuco

Petrolina
Localização de Petrolina no Brasil
Mapa de Petrolina
Coordenadas 9° 23' 34" S 40° 30' 28" O
País Brasil
Unidade federativa Pernambuco
Região metropolitana Polo Petrolina-Juazeiro
Municípios limítrofes Juazeiro, Sobradinho, Casa Nova (BA); Lagoa Grande e Afrânio e Dormentes (PE)
Distância até a capital 712 km[1]
História
Fundação 1870
Emancipação 1895 (127 anos)
Administração
Prefeito(a) Simão Durando (2022 – 2024)[2] (União Brasil)
Características geográficas
Área total [3] 4 561,87 km²
População total (estimativa IBGE/2021[3]) 359 372 hab.
 • Posição PE: 5°
Densidade 78,8 hab./km²
Clima Semiárido [4] (BSh)
Altitude 376 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 56300-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[5]) 0,702 alto
 • Posição PE: 6°
PIB (IBGE/2018[6]) R$ 6 686 658,33 mil
 • Posição PE: 7°) (BR: 174°
PIB per capita (IBGE/2018[6]) R$ 19 445,59
Sítio Prefeitura de Petrolina (Prefeitura)
Câmara Municipal de Petrolina (Câmara)
Close

Petrolina foi fundada em 1870. A sua região era frequentada assiduamente pelo capuchinho italiano frei Henrique, que realizava intensas prédicas missionárias pelos povoados ribeirinhos do Rio São Francisco. Em uma delas, o frei resolveu construir uma capela dedicada à Nossa Senhora Rainha dos Anjos, sendo a partir dessa construção que houve o crescimento populacional na região em que se localiza a sede municipal.[9] Por volta da década de 1980, foram surgindo suas primeiras vinícolas irrigadas pelas águas do São Francisco, com isso, indústrias relacionadas à produção de vinho foram aparecendo.[10] Atualmente, o município é constituído por três distritos, além da sua sede, sendo subdividida em 5 regiões com vários bairros.[11]

Sexto município mais rico de Pernambuco, Petrolina foi apontada como uma das 20 cidades brasileiras do futuro na edição 2180 da Revista Veja, do dia 01 de setembro de 2010.[12] De acordo com dados do Instituto Trata Brasil (dados de 2018) Petrolina atende 71% da sua população com esgotamento sanitário, apenas considerando o atendimento urbano atende 96%, deste 67% do que é coletado é tratado, e atende 100% da população com água.[13] Petrolina foi reconhecida como a maior rede hoteleira da região turística do sertão do São Francisco e do Pajeú, contando com 2.115 leitos, distribuídos em 24 hotéis; diversos restaurantes, bares, centros comerciais, hospitais, Universidades e cursos de Turismo em níveis técnico e superior, segundo um estudo de competitividade realizado pelo Ministério do Turismo, Fundação Getúlio Vargas e o Sebrae Nacional.[10]