cover image

Portugueses são um povo e grupo étnico da Península Ibérica, no sudoeste da Europa. O português é a sua língua, e o catolicismo a religião nominalmente predominante. Juntamente com a França, Itália, Espanha e Roménia forma a chamada Europa latina.[16]

Quick facts: Portugueses, População total, Regiões com pop...
Portugueses
Bandeira de Portugal
Mapa da diáspora portuguesa ao redor do mundo.
População total

~ 42 milhões[1]

Regiões com população significativa
 Portugal:    10 665 000[nota 1]
 Brasil+ de 5 milhões (portugueses e brasileiros filhos e netos de portugueses, com uma população muito maior de bisnetos e demais parentescos distantes.)[nota 2]
 Estados Unidos1 426 121 (inclui americanos de ascendência portuguesa, independentemente do grau)[3]
 França1 720 000[4] (inclui franceses de ascendência portuguesa, independentemente do grau, Também inclui portugueses nascidos em Portugal.) [5]
 Venezuela1 300 000[6] (inclui venezuelanos de ascendência portuguesa, independentemente do grau, adicional 55 441 portugueses nascidos em Portugal.) [7]
 Canadá550 000[8]
 África do Sul400 000[9]
 Suíça294 925[5][10]
 Alemanha171 933[5]
 Reino Unido140 000[11][12]
 Espanha137 264[10]
 China128 138[5]
 Macau126 238[5]
 Angola115 595[5]
 Luxemburgo103 009[5][13]
 Bélgica53 977[5]
 Austrália50 157[5]
 Países Baixos46 517[5]
 Índia33 580[5]
 Moçambique23 000[14]
 Andorra12 333[5]
Resto da América24 776
Resto da África8 965
Línguas
Português
Religiões
81% Católicos, 3,9% outros cristãos, 0,6% outras religiões (entre elas Judaísmo, Islamismo e Hinduísmo), 8,3% desconhece-se 6,85% nenhuma religião[15]
Grupos étnicos relacionados
Galegos e outros espanhóis, franceses, italianos e outros povos da Europa Ocidental, bem como com os povos de língua oficial portuguesa.
Close

Geneticamente, os dados apontam para uma fraca diferenciação interna dos portugueses, cuja base é essencialmente continental europeia de origem paleolítica. A base genética da população do território português mantém-se aproximadamente a mesma nos últimos quarenta milénios, apesar da presença de inúmeros povos no território português que também contribuíram para o património genético dos seus habitantes.

Culturalmente, as presenças celta, romana, germânica e moura foram significativas, tal como foram decisivas a vizinhança e as relações com os restantes países europeus e as relações coloniais com África, o Brasil e o Índico a partir dos séculos XV e XVI (ver Cultura de Portugal).

No período moderno, os processos migratórios mais relevantes em Portugal deram-se nas últimas três décadas do século XX e até ao presente, com a notável exceção da entrada de grupos ciganos ainda no século XV. Após 1974, o país torna-se um recetor significativo de populações migrantes, quer como resultado direto ou indireto da descolonização de África, quer como resultado da participação de Portugal na União Europeia. Portugal tem vindo a receber em número crescente populações migrantes oriundas do Brasil (ex-colónia portuguesa), África (com maior relevância das ex-colónias), Ucrânia (e países do Leste Europeu em geral), além duma multiplicidade demograficamente menos significativa doutras origens, entre as quais avoluma a chinesa.

Portugal foi tradicionalmente uma terra de emigração, desde o período da expansão imperial e colonial, passando, por exemplo, pela emigração económica para o Brasil no século XIX e pela emigração económica, a partir de 1960, para alguns países da Europa Ocidental. Além dos cerca de dez milhões de portugueses residentes em Portugal, estima-se existirem milhões mais espalhados pelo mundo (incluindo os lusodescendentes recentes) num total de milhões de pessoas com raízes portugueses.[17]

Oops something went wrong: