Raimundo Magalhães Júnior - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Raimundo Magalhães Júnior.

Raimundo Magalhães Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Raimundo Magalhães Júnior
Nascimento 12 de fevereiro de 1907
Ubajara,  Ceará
Morte 12 de dezembro de 1981 (74 anos)
Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Jornalista, poeta, biógrafo, historiador e teatrólogo
Prêmios Prémio Jabuti (1970)

Prêmio Juca Pato (1974)
Prémio Nacional Josué Montello (1973)

Magnum opus A vida turbulenta de José do Patrocínio
Assinatura

Raimundo Magalhães Júnior (Ubajara, 12 de fevereiro de 1907Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 1981) foi um jornalista, poeta, biógrafo, historiador e teatrólogo brasileiro. Assinava R. Magalhães Jr..

Biografia

Autor polêmico, entre muitas outras obras escreveu Rui: o homem e o mito (1964), na qual contestava o culto prestado a Rui Barbosa, apontando contradições e impropriedades nas suas ações políticas e em suas obras. Foi também poeta, além de tradutor de poetas como Guillaume Apollinaire e outros vanguardistas, autor de várias obras sobre teatro e pesquisador de autores e eventos da história brasileira. Foi casado com a escritora Lúcia Benedetti e pai da carnavalesca Rosa Magalhães

Academia Brasileira de Letras

Ocupou a cadeira 34 da Academia Brasileira de Letras, eleito em 9 de agosto de 1956 na sucessão de Aquino Correia. Foi recebido pelo acadêmico Viriato Correia em 6 de novembro de 1956. Recebeu os acadêmicos Diná Silveira de Queirós e Jorge Amado.

Referências


Precedido por
Aquino Correia
ABL - quinto acadêmico da cadeira 34

1956 — 1981
Sucedido por
Carlos Castelo Branco


Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Raimundo Magalhães Júnior
Listen to this article