Ruhollah Musavi Khomeini (em persa روح الله موسوی خمینی, transl. Rūḥollāh Mūsavī Khomeynī), nascido em Khomein, 24 de setembro de 1902 —falecido em Teerã, 3 de junho de 1989) foi uma autoridade religiosa xiita iraniana, líder espiritual e político da Revolução Iraniana de 1979 que depôs Mohammad Reza Pahlavi, na altura o xá do Irã, e instaurou uma república islâmica. Governou o Irã desde a deposição do xá Reza Pahlavi até a sua morte em 1989. Costuma ser referido como Imã Khomeini dentro do Irã[1] e no mundo ocidental como Aiatolá Khomeini.[2]

Quick facts: Rūḥollāh Mūsavī Khomeynī روح الله موسوی خمینی...
Rūḥollāh Mūsavī Khomeynī
روح الله موسوی خمینی

Rūḥollāh Mūsavī Khomeynī
روح الله موسوی خمینی
Líder Supremo do Irã
Período 3 de dezembro de 1979 a
3 de junho de 1989
Presidentes Abolhassan Banisadr
Mohammad-Ali Rajai
Ali Khamenei
Sucessor(a) Ali Khamenei
Dados pessoais
Nascimento 24 de setembro de 1902
Khomein, Markazi
Pérsia
Morte 3 de junho de 1989 (86 anos)
Teerã, Irã
Alma mater Seminário de Qom
Cônjuge Khadijeh Saqafi (c. 1929)
Filhos 5 (Mostafa, Zahra, Sadiqeh, Farideh e Ahmad)
Religião Islã xiita (Usuli)
Assinatura
Close

Após a revolução, Khomeini tornou-se o Líder Supremo do país, uma posição criada na constituição da República Islâmica como a autoridade política e religiosa mais alta da nação, que ele manteve até sua morte. Ele foi sucedido por Ali Khamenei em 4 de Junho de 1989.