Sibila Eritreia - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Sibila Eritreia.

Sibila Eritreia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Afresco de Michelangelo retratando a sibila Eritreia
Afresco de Michelangelo retratando a sibila Eritreia

A sibila Eritreia é uma figura da mitologia greco-romana que representa uma profetisa da Antiguidade Clássica. As lendas diziam que ela atuava como um oráculo de Apolo em Éritras, cidade da antiga Jônia oposta a Quios, construída por Neleu, filho de Codro. Presume-se que tenha existido mais de uma sibila em Éritras, uma delas registrada com o nome de Herófila.[1] Na iconografia cristã, a sibila Eritrea é algumas vezes posta como a vate da Redenção. Exemplos disso estão em pinturas medievais, como as presentes na Catedral de Salisbúria.[2] À sibila Eritreia era atribuída uma profecia em grego sobre o Fim dos Tempos cuja tradução em latim por Agostinho de Hipona é a base do Canto da Sibila, uma tradição europeia medieval.[3]

Uma das mais notórias representações dessa sibila é a pintada por Michelangelo no teto da Capela Sistina, no Vaticano.

Referências

  1. Boccaccio, Giovanni (2001). Famous Women. [S.l.]: Harvard University Press. p. 42. ISBN 0-674-01130-9 
  2. Modern Gothic, por Alexander Murray: Times Literary Supplement (24 de outubro de 2008, página 8).
  3. Zapke, Susana (2007). Hispania Vetus. Bilbau: Fundação BBVA. p. 159 
Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Sibila Eritreia
Listen to this article