Steve Jones (biólogo) - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Steve Jones (biólogo).

Steve Jones (biólogo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Steve Jones
Steve Jones (2012)
Nascimento 24 de março de 1944 (76 anos)
Aberystwyth
Prêmios Prêmio Michael Faraday (1996)
Campo(s) Biologia

Steve Jones (Aberystwyth, 24 de março de 1944) é um professor de genética britânico, diretor do departamento de biologia da University College London. Seus estudos são conduzidos no laboratório Galton. Também é apresentador de televisão e premiado autor na área biológica, especialmente sobre a evolução, sendo um dos mais populares escritores sobre este tema, que aborda de modo simples e humorado.

Biografia

Jones nasceu em Aberystwyth, Wales, e graduou-se na University of Edinburgh e na University of Chicago. Muitas de suas pesquisas se deram sobre o caracol e as pistas que sua anatomia podem trazer sobre a biodiversidade e a genética. Seu livro In the Blood (literalmente: No Sangue) explora, confirma e desmascara muitas vezes algumas das convicções sobre hereditariedade e genética. Os tópicos abordados incluem assuntos como "tribos perdidas", famílias reais européias e hemofilia.

Em 1996 ganhou da Royal Society o prêmio Michael Faraday por "suas numerosas contribuições, numa extensa gama de obras de ciência compreensível ao público, em áreas como a evolução e variedade humana, raça, sexo, doenças hereditárias e manipulação genética em seus muitos programas de rádio e televisão, conferências, livros populares de ciência e coluna científica regular no The Daily Telegraph e contribuições em outras midia jornalísticas".

É um Membro Distinto da British Humanist Association. Foi premiado com o segundo Irwin Prize como Secularista do Ano pela National Secular Society em 7 de outubro de 2006.

Visão do criacionismo

Jones declarou que o criacionismo é anticientífico" e criticou criacionistas como Ken Ham. Sugeriu, em entrevista num programa radiofônico da BBC Radio Ulster em 2006 que aquele criacionista deveria perder a condição de doutor em medicina porque "todas as suas afirmações (criacionistas) caem diante o todo da ciência" e afirmou mais adiante que nenhum biólogo sério pode acreditar na criação bíblica.

Bibliografia

Books by Steve Jones

  • Jones, Steve; Dawkins, Richard; Martin, Robert D.; Pilbeam, David R. (1994). The Cambridge Encyclopedia of Human evolution. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 0-521-46786-1  (em inglês)
  • Jones, Steve (1997). In the Blood: God, Genes and Destiny. [S.l.]: Houghton Miffin. ISBN 0-00-255512-3  (em inglês)
  • Jones, Steve (1999). Almost Like a Whale: The Origin of Species Updated. [S.l.]: Doubleday. ISBN 0-385-40985-0  (em inglês)
  • Jones, Steve (2000). The Language of the Genes. [S.l.]: Flamingo. ISBN 0-00-655243-9  winner of (Aventis Prize winner) (em inglês)
  • Jones, Steve (2003). Y: The Descent of Men. [S.l.]: Flamingo. ISBN 0-618-13930-3  (em inglês)
  • Jones, Steve and Van Loon, Borin (2005). Introducing Genetics. [S.l.]: Totem Books. ISBN 1-84046-636-7  (em inglês)
  • Jones, Steve (2007). Coral. [S.l.]: Little, Brown. ISBN 978-0-316-72938-3  (em inglês)

Artigos de Steve Jones

Artigos sobre Steve Jones

Televisão

Steve Jones apresentou a série televisiva In the Blood, em seis capítulos, sobre genética humana, em 1996.

Citação

  • "A evolução está para as ciências sociais como as estátuas para as aves: uma conveniente plataforma na qual depositam idéias mal-digeridas."

is to the social sciences as statues are to birds: a convenient platform upon which to deposit badly digested ideas." (Tradução livre para: "Evolution is to the social sciences as statues are to birds: a convenient platform upon which to deposit badly digested ideas." )

{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Steve Jones (biólogo)
Listen to this article