Telescópio espacial MOST - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Telescópio espacial MOST.

Telescópio espacial MOST

MOST
Organização CanadáCanadian Space Agency
Principal contratante
Tipo de missão Astronomia
Satélite Terra
Lançamento 30 de junho de 2003 às 14:15:00 UTC
Duração da Missão 9 anos (decorrido)
Massa 53.0 kg
NSSDC ID 2003-031D
Website https://web.archive.org/web/20090623071558/http://www.astro.ubc.ca/MOST/index.html
Elementos orbitais
Periélio 819 km
Excentricidade
Inclinação
Período orbital
Ascensão reta do

nó orbital

Argumento do pericentro
Instrumentos
Espectrômetro

O telescópio espacial MOST foi desenvolvido pelo Canadá para estudar microvariabilidade e as oscilações das estrelas. O acrônimo MOST vem das letras iniciais das palavras da expressão expressão Microvariability and Oscillations of STars. Ele é o primeiro (e único até o momento) telescópio espacial canadense e é também o menor telescópio espacial já produzido.

Parâmetros da Missão

Descrição

Como seu nome sugere, sua missão principal é monitorar variações na luz das estrelas, o qual é feito através da observação da estrela alvo durante um longo período de tempo (superior a 60 dias). Telescópios espaciais maoires não podem manter o foco sobre um único alvo por tão longo tempo pois isto exige muito de seus recursos.

O telescópio está dentro de um satélite com formato de uma pequena caixa com 65x65 cm de largura e altura e 30 cm de profundidade, pesando 60 kg. Isto o coloca na categoria dos satélites miniaturizados ou s.

O projeto MOST foi desenvolvido como um esforço conjunto da Agência Espacial Canadense, da Dynacon Enterprises Limited, do Instituto para Estudos Aeroespaciais da Universidade de Toronto e da University of British Columbia. Os planos da equipe científica do MOST, comandada por Jaymie Matthews, é usar as observações do MOST para ajudar a datar a idade do universo, e para pesquisar por evidênicas de planetas extrasolares.

O instrumento da missão é formado por uma câmera com dois CCDs, alimentada por um telescópio Maksutov de 15 cm de abertura. Um dos CCDs é usado para fazer medidas da luz das estrelas, enquanto o outro fornece imagens usadas pelo software de guiagem que, com a ajuda de um conjunto de quatro rodas de reação (similar a um giroscópio) mantém um apontamento preciso de quase 1 arcseg, o melhor apontamento já feito por um microsatélite até o presente.

Curiosidade

A midia canadense se refere ao MOST como humble space telescope, para contrastar com o Hubble Space Telescope da NASA.

Veja também

Telescópio espacial CoRoT

Ligações externas

{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Telescópio espacial MOST
Listen to this article