cover image

Compact disc

disco ótico armazenador de dados / De Wikipedia, a enciclopédia livre

Um disco compacto, disco compacto a laser, disco a laser, compacto laser ou simplesmente disco laser (popularmente conhecido por CD, sigla para a designação inglesa, Compact Disc) é um disco ótico digital de armazenamento de dados. O formato foi originalmente desenvolvido com o propósito de armazenar e tocar apenas músicas, mas posteriormente foi adaptado para o armazenamento de dados, o CD-ROM.

Quick facts: Compact Disc, Tipo de mídia Disco óptico...
Compact Disc
Tipo de mídia
Disco óptico


A imagem mostra a parte do CD que é lida pelos lasers de um dispositivo
Uso em Armazenamento de dados diversos
Capacidade Tipicamente, 700 MB / 80 minutos de áudio
Mecanismo de leitura 780 nm de onda laser semicondutora
Desenvolvido por Equipe conjunta da Philips e Sony, liderada por Kees Schouhamer Immink e Toshitada Doi, em 1980
Dimensões 12 cm de diâmetro (tamanho comum universal) ou 8 cm (tamanho reduzido)
Fita cassete
Disco de vinil
Disquete
DVD
Close

Diversos outros formatos foram depois derivados deste, incluindo o CD de áudio e dados (CD-R), mídias regraváveis (CD-RW), o Video Compact Disc (VCD), o Super Video Compact Disc (SVCD), o Photo CD, Picture CD, CD-i, Enhanced Music CD, dentre outros.

Os CDs de áudio e leitores de CD são comercializados desde o início dos anos 80.

O diâmetro de um CD tradicional é de 120 milímetros (4,7 polegadas), e possui a capacidade de armazenar até 80 minutos de áudio não-comprimido, ou 700 MB de dados. Seu primo menor, o mini-CD, tem vários diâmetros, indo de 60 milímetros até 80 milímetros (2,4 para 3,1 polegadas); eles são usados algumas vezes para singles em CD, podem armazenar mais de 24 minutos de áudio, ou para a distribuição de controladores de computadores.

Na época do lançamento do sistema, o CD possuía uma capacidade maior de armazenamento que muitos HDs. Já na atualidade, qualquer HD possui uma capacidade superior a de um CD.

Até 2007, mais de 200 mil milhões de discos foram vendidos no mundo todo.[1]

Os CDs estão sendo altamente substituídos por outras formas de mídias digitais ou de distribuição e, como resultado, as vendas dos CDs caíram para 50% de seu pico nos Estados Unidos.[2]

Em 2014, as receitas de serviços de música digital se igualaram às vendas de formato físico pela primeira vez.[3]