Fronteira

limite geográfico de entidades políticas ou jurisdições / De Wikipedia, a enciclopédia livre

Fronteiras são fronteiras geográficas, impostas por características geográficas, como oceanos, ou por entidades políticas, como governos, estados soberanos, estados federados e outras entidades subnacionais. As fronteiras políticas podem ser estabelecidas por meio de guerra, colonização ou acordos mútuos entre as entidades políticas que residem nessas áreas;[1] a criação desses acordos é chamada de delimitação de fronteiras.[2] Algumas fronteiras – como as fronteiras administrativas internas da maioria dos estados ou as fronteiras interestaduais dentro do Espaço Schengen – estão abertas e completamente desprotegidas.[3] A maioria das fronteiras políticas externas é parcial ou totalmente controlada e só pode ser atravessada legalmente em postos de controle fronteiriços designados; zonas fronteiriças adjacentes também podem ser controladas.

Fronteira entre Portugal e Espanha, perto de Badajoz.
Fronteira entre Portugal e Espanha, em Vilar Formoso-Fontes de Onor.

Uma zona-tampão podem ser configurada na fronteira entre entidades beligerantes para diminuir o risco de conflito.