cover image

O Grande Prêmio do Brasil (português brasileiro) ou Grande Prémio do Brasil (português europeu) de Fórmula 1 aconteceu pela primeira vez em 1972 e fez parte do campeonato de Fórmula 1 entre 1973 e 2019. Foi realizado em todos os anos no Autódromo José Carlos Pace — mais conhecido como Autódromo de Interlagos — com exceção dos anos de 1978 e de 1981 a 1989, em que as corridas foram disputadas no antigo Autódromo de Jacarepaguá (Autódromo Internacional Nelson Piquet). Após sua edição de 2020 (a última sob contrato com a Fórmula 1[1]) ser cancelada devido à pandemia de COVID-19, o Brasil retornou ao calendário da Fórmula 1 em 2021, mas com o evento realizado em Interlagos passando a ser oficialmente designado de Grande Prêmio de São Paulo.[2][3]

Quick facts: Informações da corrida...
Grande Prêmio do Brasil
Autódromo de Interlagos
Mapa do circuito.
Informações da corrida
Localização Interlagos - São Paulo, Brasil
Voltas 71
Percurso 4 309 km (2 677 mi)
Total 305 909 km (190 083 mi)
Curvas 15
Pole Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo Híbrido
1min 07s 281
2018
Volta mais rápida
na prova
Valtteri Bottas
Mercedes V6 Turbo Híbrido
1min 10s 540
2018
Anos disputados 50 (49 oficialmente)
Primeira disputa 1972 (oficialmente em 1973)
Última disputa 2022
Maior vencedor (pilotos) Alain Prost (6)
Maior vencedor (equipe) McLaren (12)
Última corrida (2022):
Pole Position
Piloto Kevin Magnussen
Haas-Ferrari V6 Turbo Híbrido
Tempo 1min 11s 674
Volta mais rápida
Piloto George Russell
Mercedes V6 Turbo Híbrido
Tempo 1min 13s 785
Pódio
Primeiro George Russell
Mercedes V6 Turbo Híbrido
1h 38min 34s 044
Segundo Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo Híbrido
+1s 529
Terceiro Carlos Sainz Jr.
Ferrari V6 Turbo Híbrido
+4s 051
Close

Assim como os circuitos de Bacu, de Marina Bay, o Circuito das Américas e o de Yas Marina, o Grande Prêmio do Brasil era um dos poucos que esteve presente até recentemente no calendário da Fórmula 1 a ter sentido anti-horário.

A última sede do Grande Prêmio do Brasil, o Autódromo José Carlos Pace recebeu inúmeras reformas, melhorias e adaptações ao longo dos seus 76 anos de história. As principais intervenções se deram nos anos de 1979, 1990 e 2000, por conta de adequações às normas de desenvolvimento do automobilismo mundial. Sendo assim, desde a sua inauguração, a extensão original da pista, de 7 960 metros, sofreu algumas alterações. Em 1979, passou a ter 7 873 metros. Já em 1990, a reforma mais abrupta da história do circuito - que trouxe o Grande Prêmio de volta a São Paulo - fez com que a pista diminuísse seu comprimento em 3 548 metros, ficando com 4 325 metros. No ano de 2000, a pista foi adaptada para sua atual extensão de 4 309 metros.[4]

O Grande Prêmio Brasil decidiu títulos nos anos de 2005, 2006, 2007, 2008 e 2009.

Oops something went wrong: