Juliana Paes

atriz brasileira / De Wikipedia, a enciclopédia livre

Juliana Couto Paes (Rio Bonito, 26 de março de 1979) é uma atriz brasileira.[4] Considerada um dos principais símbolos sexuais[5] do país e por três vezes a mulher mais sexy do mundo pela revista Vip, Paes ganhou diversos prêmios por conta de seus papéis na televisão, entre eles Arte Qualidade Brasil, Melhores do Ano, Troféu Imprensa e Troféu APCA.

Quick facts: Juliana Paes, Página oficial...
Juliana Paes
7_-_Juliana_Paes-001_%2816945344608%29.jpg
Juliana Paes
Juliana Paes em 2015
Nome completo Juliana Couto Paes
Nascimento 26 de março de 1979 (44 anos)
Rio Bonito, RJ
Nacionalidade brasileira
Estatura 1,70 m[1]
Cônjuge Carlos Eduardo Baptista (c. 2008)[2]
Filho(a)(s) 2[3]
Alma mater Escola Superior de Propaganda e Marketing
Ocupação atriz
Período de atividade 1998–presente
Prêmios Lista
Página oficial
julianapaes.com
Close

Paes tornou-se conhecida por seus trabalhos na TV Globo, na qual estreou no fim da década de 1990 como figurante. Seus primeiros trabalhos de destaque foram como a empregada Rita em Laços de Família (2000) e como a alpinista social Karla em O Clone (2001). Em 2003, ganhou uma nova projeção nacional interpretando Jacqueline Joy, uma aspirante a celebridade, que formava dupla com a personagem Darlene, interpretada por Deborah Secco, na telenovela Celebridade; papel que fez sucesso entre o público masculino e rendeu a Paes em 2004 um ensaio para a revista Playboy, cuja edição foi uma das mais vendidas daquele ano. Em 2005, voltou a conquistar os homens no papel da falsa beata e ninfomaníaca Creuza na novela América, o que rendeu para Paes o posto de garota-propaganda da marca de cerveja Antarctica (a "Boa"), na qual atuou por alguns anos. Em 2009, Paes ganhou sua primeira protagonista, a indiana Maya Meetha, na telenovela Caminho das Índias, sendo bastante elogiada pela crítica especializada. Em 2012, a beleza de Paes voltou a ser explorada, desta vez no remake de Gabriela, adaptação do romance homônimo de Jorge Amado, na qual viveu a personagem principal. Entre 2015 e 2022, Paes conquistou o público e a crítica interpretando mulheres de personalidade forte, como a empresária Carolina Castilho em Totalmente Demais (2015); a explosiva Bibi Perigosa – mulher que se envolve no mundo do tráfico, inspirada na vida real de Fabiana Escobar – em A Força do Querer; a vendedora de bolos Maria da Paz em A Dona do Pedaço; e a selvagem Maria Marruá no remake de Pantanal.

Oops something went wrong: