Max Bodenstein - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for Max Bodenstein.

Max Bodenstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Max Bodenstein
Número de Bodenstein
Nascimento 15 de julho de 1871
Magdeburgo
Morte 3 de setembro de 1942 (71 anos)
Berlim
Residência Alemanha
Sepultamento Berlim
Nacionalidade alemão
Alma mater Universidade de Heidelberg
Ocupação químico, físico, professor universitário
Prêmios Medalha Bunsen (1936), Medalha August Wilhelm von Hofmann (1936)
Empregador Universidade de Leipzig, Universidade de Hanover, Universidade Humboldt de Berlim
Orientador(es) Viktor Meyer
Orientado(s) Paul Harteck, Alwin Mittasch
Instituições Universidade de Leipzig, Universidade Humboldt de Berlim, Universidade de Hanôver
Campo(s) físico-química
Tese 1893: "Zersetzung des Jodwasserstoffes in der Hitze"

Max Ernst August Bodenstein (Magdeburgo, 15 de julho de 1871Berlim, 3 de setembro de 1942) foi um físico-químico alemão.

Conhecido por seu trabalho em cinética química, foi o primeiro a postular um mecanismo de reação em cadeia e que explosões são reações em cadeia ramificadas, conhecimento aplicado depois na bomba atômica.

Carreira

Bodenstein estudou a partir de 1889 em Wiesbaden, onde foi aluno de Carl Remigius Fresenius, e depois na Universidade de Heidelberg, onde obteve o doutorado em 1893, com a tese "Zersetzung des Jodwasserstoffes in der Hitze", orientado por Viktor Meyer.[1]

Referências

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Max Bodenstein
Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
Max Bodenstein
Listen to this article