STS-51-A - Wikiwand
For faster navigation, this Iframe is preloading the Wikiwand page for STS-51-A.

STS-51-A

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

STS-51-A
Informações da missão
Operadora NASA
Ônibus espacial Discovery
Astronautas Frederick Hauck
David Walker
Joseph Allen
Anna Fisher
Dale Gardner
Base de lançamento Plataforma 39A, Centro
Espacial John F. Kennedy
Lançamento 8 de novembro de 1984
12h15min00s UTC
Cabo Canaveral, Flórida,
Estados Unidos
Aterrissagem 16 de novembro de 1984
11h59min56s UTC
Centro Espacial John F.
Kennedy
, Cabo Canaveral,
Flórida, Estados Unidos
Órbitas 127
Duração 7 dias, 23 horas, 44 minutos,
56 segundos
Altitude orbital 354 quilômetros
Inclinação orbital 28,4 graus
Distância percorrida 5 293 786 quilômetros
Imagem da tripulação

Gardner, Walker, Fisher, Hauck e Allen
Navegação
STS-41-G
STS-51-C

A STS 51-A foi o décimo quarto voo de um ônibus espacial e o segundo voo do Discovery, que colocou em órbita dois satélites de comunicação e capturou outros dois lançados anteriormente em órbita imprópria.[1][2][3]

Tripulação

[1][2][3]

Posição Astronautas
Comandante Estados Unidos Frederick Hauck
Piloto Estados Unidos David Walker
Especialista de missão 1 Estados Unidos Joseph Allen
Especialista de missão 2 Estados Unidos Anna Fisher
Especialista de missão 3 Estados Unidos Dale Gardner

Parâmetros da missão

[1][2][3]

Caminhadas no espaço

[1][2][3]

  • Allen e Gardner - EVA 1
  • Início do EVA 1: 12 de novembro de 1984 - 13:25 UTC
  • Fim do EVA 1: 12 de Novembro - 19:25 UTC
  • Duração: 6 horas
  • Allen e Gardner - EVA 2
  • Início do EVA 2: 14 de novembro de 1984 - 11:09 UTC
  • Fim do EVA 2: 14 de novembro de 1984 - 16:51 UTC
  • Duração: 5 horas, 42 minutos

Hora de acordar

[1][2][3]

Principais fatos

[1][2][3]

Menos de um mês após o voo da 41-G, a décima quarta missão com um ônibus espacial e o segundo voo do Discovery se iniciaram na missão STS 51-A que foi lançada às 7:15 a.m. EST, em 8 de novembro de 1984. Uma tentativa de lançamento no dia anterior foi cancelada em menos 20 minutos devido aos ventos na atmosfera superior.

Esta missão foi única pelo fato dela marcar a primeira vez em que um ônibus espacial lançou dois satélites de comunicações e então tentou recuperar dois outros satélites de suas órbitas. O Palapa B2 e o Westar 6 foram lançados durante a missão STS-41-B anterior e foram colocados em órbitas impróprias devido a falhas em seus motores.

Os dois satélites de comunicações lançados com sucesso foram o canadense Anik D2, no segundo dia da missão, e o IV-l, também conhecido com Leasat l, lançado no terceiro dia.

O veículo então começou uma série de manobras para se aproximar do primeiro dos dois satélites e serem recuperados, o Palapa B2. (Os órbitas de ambos os satélites foram abaixadas pelo comando em terra, para cerca de 600 a 210 milhas para facilitar as operações de recuperação.) No dia cinco, o Discovery dr encontrou com o PALAPA. Os especialistas da missão Allen e Gardner realizaram um EVA, capturando o satélite com um dispositivo conhecido com "Stinger," que foi inserido no motor por Allen. A rotação do satélite foi reduzida para 1 RPM e Fisher, operando de uma posição no fim do RMS, tentou sem sucesso agarrar o satélite. Allen foi capaz de manobrar manualmente o satélite a seu compartimento com a ajuda de Gardner e auxiliado pelo RMS que foi operado por Fisher. A tentativa de resgate improvisada durou duas horas.

A recuperação do Westar 6 foi mais fácil e ocorreu um dia depois. Desta vez Gardner, usando a mesma técnica que Allen usou para o outro resgate, capturou o satélite. Com a ajuda de Allen, ele colocou o satélite em seu compartimento.

A missão STS 51-A também carregava o experimento de Mistura Difundida de Soluções Orgânicas (DMOS). Este foi o primeiro de uma série de experimentos científicos com compostos orgânicos e polímeros financiados pela corporação 3M. Este experimento foi bem sucedido e os resultados das misturas químicas foram retornados à 3M. Um outro experimento, o experimento de monitoramento de radiação, também foi realizado.

As recuperações de satélites nesta missão foram também a ultima caminhada no espaço; o último uso do Manned Maneuvering Unit. Todas as caminhadas no espaço subsequentes feitas pela NASA e pelos soviéticos/russos tiveram os astronautas presos à nave de alguma forma.

Esta segunda missão do Discovery terminou à 7 a.m. EST de 16 de novembro, com a aterrissagem na Runway 33, no KSC, após um voo com duração de 7 dias, 23 horas e 45 minutos, que completou 126 órbitas. Esta foi a terceira aterrissagem de um ônibus espacial no KSC e a quinta e última missão com um ônibus espacial de 1984.

Galeria

  • Syncom IV-1 após a implantação.
    Syncom IV-1 após a implantação.
  • Dale Gardner recaptura Westar 6.
    Dale Gardner recaptura Westar 6.
  • Palapa B2 e carregado pra dentro do compartimento de carga.
    Palapa B2 e carregado pra dentro do compartimento de carga.

Ver também

Referências

  1. a b c d e f Mark Wade. «STS-51-A». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. a b c d e f Joachim Becker e Heinz Janssen (1 de janeiro de 2019). «STS-51A». SPACEFACTS. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. a b c d e f «STS-51A». NASA. Consultado em 26 de julho de 2019 
{{bottomLinkPreText}} {{bottomLinkText}}
STS-51-A
Listen to this article