cover image

Cabo Verde

país insular no noroeste da África / De Wikipedia, a enciclopédia livre

Cabo Verde, oficialmente República de Cabo Verde, é um país insular localizado em um arquipélago no Oceano Atlântico central, consistindo de dez ilhas vulcânicas com uma área de terra combinada de cerca de 4 033 km².[7] Essas ilhas ficam entre 600 a 850 km a oeste da península senegalesa do Cabo Verde, situada no ponto mais ocidental da África continental. As ilhas de Cabo Verde fazem parte da ecorregião da Macaronésia, juntamente com os Açores, as Ilhas Canárias, a Madeira e as Ilhas Selvagens.


República de Cabo Verde
Cabo Verde
Bandeira de Cabo Verde
Brasão de Cabo Verde
Brasão de Cabo Verde
Bandeira Brasão de Armas
Lema: Unidade, Trabalho, Progresso
Hino nacional: Cântico da Liberdade
Gentílico: cabo-verdiano[1]

Localização de Cabo Verde
Localização de Cabo Verde

Capital Praia
14° 55' N 23° 31' O
Cidade mais populosa Praia
Língua oficial Português
Governo República semipresidencialista unitária[2]
 Presidente José Maria Neves
 Primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva
História  
 Descoberta1460 
 Independência
00• de Portugal

5 de Julho de 1975 
Área  
   Total4 033 km² (146.º)
  Água (%) 0,08
População  
   Estimativa para 2017560 899[3] hab. (173.º)
  Censo de 2000 436 821 hab. 
  Urbana 303 512 hab. (91.º)
  Densidade 118 hab./km² (65.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2013
  TotalUS$ 2,305 mil milhões*[4] 
  Per capitaUS$ 6 311[4] 
PIB (nominal) Estimativa de 2013
  TotalUS$ 2,071 mil milhões*[4] 
  Per capitaUS$ 4 089[4] 
IDH (2021) 0,662 (128.º)  médio[5]
Gini (2002) 50,5 
Moeda Escudo cabo-verdiano (indexado ao euro)[6] (CVE)
Fuso horário horário de Cabo Verde - CVT (UTC-1)
  Verão (DST) Não tem
Cód. ISO CPV
Cód. Internet .cv
Cód. telef. +238
Website governamental http://www.governo.cv/

O arquipélago de Cabo Verde ficou desabitado até ao século XV, altura em que exploradores portugueses descobriram e colonizaram as ilhas, estabelecendo assim o primeiro povoamento europeu nos trópicos. Uma vez que as ilhas de Cabo Verde estavam localizadas em uma localização conveniente para desempenhar um papel no comércio de escravos no Atlântico, Cabo Verde tornou-se economicamente próspero durante os séculos XVI e XVII, atraindo mercadores, corsários e piratas. O arquipélago declinou economicamente no século XIX devido à supressão do comércio de escravos no Atlântico, e muitos de seus habitantes emigraram durante esse período. No entanto, a economia cabo-verdiana se recuperou gradualmente, tornando-se um importante centro comercial e um ponto de escala útil ao longo das principais rotas de navegação. Em 1951, Cabo Verde foi incorporado como departamento ultramarino de Portugal, mas os seus habitantes continuaram a campanha pela independência, que alcançaram em 1975.[8]

Desde o início da década de 1990, Cabo Verde tem sido uma democracia representativa estável e continua a ser um dos países mais desenvolvidos e democráticos de África. Na falta de recursos naturais, sua economia em desenvolvimento é principalmente orientada para os serviços, com um foco crescente no turismo e no investimento estrangeiro. Sua população de cerca de 550 000 habitantes (em meados de 2019) é majoritariamente de herança africana e minoria europeia, e predominantemente católica romana, refletindo o legado do domínio português. Existe uma comunidade considerável da diáspora cabo-verdiana em todo o mundo, especialmente nos Estados Unidos e em Portugal, com um número consideravelmente superior de habitantes nas ilhas. Cabo Verde é um estado membro da União Africana, das Nações Unidas e um membro-fundador da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Oops something went wrong: