cover image

DVD sigla de "Digital Versatile Disc",[1] (em português, Disco Digital Versátil) e seu formato digital "Digital Video Disc" para arquivar ou guardar dados, som e voz, tendo uma maior capacidade de armazenamento que o CD, devido a uma tecnologia óptica superior, além de padrões melhorados de compressão de dados, sendo criado no ano de 1995.

Quick facts: Digital Versatile Disc, Tipo de mídia Disco ó...
Digital Versatile Disc
Tipo de mídia
Disco óptico


Diferença entre o DVD-Video e DVD-R, respectivamente.
Uso em Armazenamento de dados, áudio, vídeo e jogos
Capacidade 4,7 GB (uma camada – comum)

8,5 GB (duas camadas)
9,4 GB (dois lados, uma camada)
17,08 GB (dois lados, duas camadas – raro)

Mecanismo de leitura Laser 650 nm, 1 350 kB/s (1x)
Mecanismo de escrita 1 350 kB/s (1×)
Desenvolvido por Philips, Sony, Toshiba, Panasonic
Dimensões 121 mm de diâmetro (tamanho comum universal) ou 8 cm (tamanho reduzido - raro)
CD
HD DVD, Disco Blu-ray
Close

Em 2008, o DVD conseguiu substituir completamente o VHS como formato de distribuição.[2] Em junho de 2011, o analista do The NPD Group, Russ Crupnick disse que "o mercado de vídeo em disco físico foi um pouco decepcionante".[3] Em 2014, a Sony divulgou que parte do prejuízo financeiro da época foi devido a obsolescência rápida do mercado de mídia física (DVDs e Blu-rays) e o crescimento de serviços de streaming e download digital.[4] Em 2016 os DVDs e Blu-rays deixaram de ser o meio mais lucrativo para distribuição de vídeo nos Estados Unidos[5] e 2017 no Reino Unido.[6]