Jazz é uma manifestação artístico-musical originária de comunidades de Nova Orleães, nos Estados Unidos.[1] Tal manifestação teria surgido por volta do final do século XIX na região de Nova Orleães, tendo origem na cultura popular e na criatividade das comunidades negras que ali viviam, um de seus espaços de desenvolvimento mais importantes.

Quick facts: Jazz, Subgêneros, Gêneros de fusão, Formas re...
Jazz
Origens estilísticas
Contexto cultural Final do século XIX no sul dos Estados Unidos
Instrumentos típicos Saxofone · piano · teclado · trompete, Trombone · Clarinete · Tuba · Guitarra · Contrabaixo · Bateria · Vocais · Vibrafone
Subgêneros
Asian American jazzAvant-garde jazzBebopBig bandChamber jazzContinental jazzCool jazzFree jazzGypsy jazzLatin JazzMainstream jazz • Mini-jazz • Modal jazz • M-Base • Neo-bop • Orchestral jazz • Post-bop • Stride • SwingThird streamTrad jazzPop Tradicional • Vocal jazz
Gêneros de fusão
Acid jazz' • AfrobeatBluegrassBossa novaCalypso jazzCrossover jazzDansbandDeep houseFree funkFunkHard bopHumppaJam bandJazz bluesJazz funkJazz fusionJazz rapJump bluesKwelaLivetronicaMamboMath rockMod revivalModern CreativeNo WaveNovelty pianoNu jazzNu soulPost-metalrock progressivoPunk jazzReggaeRhythm and bluesSamba JazzSambalançoShibuya-keiSkaSka jazzSmooth jazzSoul jazzSpank jazzSwing revivalWorld fusionYé-yé • "Sambalanço"
Formas regionais
AustráliaBrasilCubaFrançaÍndiaItáliaJapãoMalawiPaíses BaixosPolôniaÁfrica do SulEspanhaReino Unido
Close
Exemplo de jazz, subgênero dixieland.

O jazz se desenvolveu com a mistura de várias tradições religiosas, em particular a afro-americana. Esta nova forma de se fazer música incorporava blue notes, chamada e resposta, forma sincopada, polirritmia, improvisação e notas com swing do ragtime. Os instrumentos musicais básicos para o Jazz são aqueles usados em bandas marciais e bandas de dança: metais, palhetas e baterias. No entanto, o jazz, em suas várias formas, aceita praticamente todo tipo de instrumento.

As origens da palavra "jazz" são incertas. A palavra tem suas raízes na gíria norte-americana e várias derivações têm sugerido tal fato. O jazz não foi aplicado como música até por volta de 1915. Earl Hines, nascido em 1903 e mais tarde se tornou celebrado músico de jazz, costumava dizer que estava "tocando o piano antes mesmo da palavra "jazz" ser inventada".

Desde o começo do seu desenvolvimento, no início do século XX, o jazz produziu uma grande variedade de subgêneros, como o dixieland da década de 1910, o Swing das Big bands das décadas 1930 e 1940, o bebop de meados da década de 1940, o jazz latino das décadas de 1950 e 1960 e o fusion das décadas de 1970 e 1980. Devido à sua divulgação mundial, o jazz se adaptou a muitos estilos musicais locais, obtendo, assim, uma grande variedade melódica, harmônica e rítmica.