José Oswald de Sousa de Andrade,[1] apelidado de Oswald de Andrade,[nota 1] (São Paulo, 11 de janeiro de 1890 – São Paulo, 22 de outubro de 1954) foi um poeta, escritor, ensaísta e dramaturgo brasileiro.[1] Era filho único de José Oswald Nogueira de Andrade e de Inês Henriqueta Inglês de Sousa de Andrade (irmã do escritor Inglês de Sousa).[2] Formou-se em Direito no Largo São Francisco em 1919.[3] Foi um dos promotores da Semana de Arte Moderna que ocorreu em 1922 na cidade de São Paulo, tornando-se um dos grandes nomes do modernismo literário brasileiro. Ficou conhecido pelo seu temperamento "irreverente e combativo",[1] sendo o mais inovador entre estes. Colaborou na revista Contemporânea[4] (1915-1926). De 1926 a 1929 foi casado com Tarsila do Amaral e de 1930 a 1935 foi marido de Pagu.

Quick facts: Oswald de Andrade...
Oswald de Andrade
Oswald de Andrade
Oswald de Andrade
Nome completo José Oswald de Sousa de Andrade
Nascimento 11 de janeiro de 1890
São Paulo, SP
Morte 22 de outubro de 1954 (64 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Etnia luso-brasileiro
Cônjuge Henriette Denise Boufflers (1912 - 1916)
Tarsila do Amaral (1926 - 1929)
Patrícia Galvão (1930 - 1934)
Julieta Bárbara Guerrini (1936 - 1940)
Maria Antonieta D'Alkmin (1944 - 1954)
Filho(a)(s) 5
Ocupação poeta
escritor
ensaísta
dramaturgo
Prémios Prêmio Jabuti 1988
Magnum opus Marco Zero (2 volumes)
Escola/tradição Modernismo
Close