cover image

A Bélgica (em neerlandês: België [ˈbɛl.ɣi.jə] (escutar?·info); em francês: Belgique [bɛlʒik] (escutar?·info); em alemão: Belgien [ˈbɛlɡiən] (escutar?·info)), oficialmente Reino da Bélgica (em neerlandês: Koninkrijk België; em francês: Royaume de Belgique; em alemão: Königreich Belgien), é um país situado na Europa ocidental. É um dos membros fundadores da União Europeia (UE), inclusive hospedando a sede, bem como as de outras grandes organizações internacionais, como a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).[nota 1] A Bélgica tem uma área de 30 528 quilômetros quadrados e uma população de cerca de 10,7 milhões de habitantes.


Reino da Bélgica
Koninkrijk België (neerlandês)
Royaume de Belgique (francês)
Königreich Belgien (alemão)
Brasão de Armas
Bandeira Brasão de armas
Lema: neerlandês: Eendracht maakt macht
francês: L'union fait la force
alemão: Einigkeit macht stark
("A união faz a força")
Hino nacional: "La Brabançonne"
Gentílico: belga,
bélgico[1]

Localização da Bélgica

Localização da Bélgica (em vermelho)
Na União Europeia (em branco)
No continente europeu
Capital Bruxelas
50° 54' 00" N 4° 32' 00" E
Cidade mais populosa Antuérpia
Língua oficial neerlandês, francês e alemão
Governo Monarquia constitucional federal parlamentarista
 Rei Filipe
 Primeiro-ministro Alexander De Croo
Legislatura Parlamento Federal
  Câmara alta Senado
  Câmara baixa Câmara dos Representantes
Independência dos Países Baixos 
 Declarada4 de outubro de 1830 
 Reconhecida19 de abril de 1839 
Entrada na UE 25 de março de 1957 (membro cofundador)
Área  
   Total30 526 km² (140.º)
  Água (%) 6,4
População  
  Censo 2018 11 420 163 hab. 
  Densidade 342 hab./km² (29.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2014
  TotalUS$ 467,116 bilhões *[2] (30.º)
  Per capitaUS$ 41 740[2] (20.º)
PIB (nominal) Estimativa de 2014
  TotalUS$ 527,81 bilhões *[2] (21.º)
  Per capitaUS$ 47 164[2] (16.º)
IDH (2019) 0,931 (14.º)  muito alto[3]
Gini (2011) 26,3[4] 
Moeda Euro¹ (EUR)
Fuso horário CET (UTC+1)
  Verão (DST) CEST (UTC+2)
Cód. ISO BEL
Cód. Internet .be
Cód. telef. +32
Website governamental www.belgium.be

Ocupando a fronteira cultural entre a Europa germânica e a Europa latina, a Bélgica é basicamente constituída por dois grupos linguísticos: os flamengos, falantes do holandês, e os valões, que falam francês, além de um pequeno grupo de pessoas que falam a língua alemã. As duas maiores regiões da Bélgica são a região de língua holandesa de Flandres, no norte, com 59% da população e a região francófona da Valónia, no sul, habitada por 31% dos belgas. A Região de Bruxelas, oficialmente bilíngue, é um enclave de maioria francófona na região flamenga e tem 10% da população.[5][6][7][8][9] Uma pequena comunidade de língua alemã existe no leste da Valónia.[10] A diversidade linguística da Bélgica e conflitos políticos e culturais são refletidos na história política e no complexo sistema de governo do país.[11][12]

O nome "Bélgica" é derivado de Gália Belga, uma província romana na parte setentrional da Gália, que era habitada pelos belgas, uma mistura de povos Celtas e Germânicos.[13][nota 2] Historicamente, Bélgica, Holanda e Luxemburgo eram conhecidos como os Países Baixos, nome utilizado para designar uma área um pouco maior do que o atual grupo de países chamado Benelux. Do final da Idade Média até ao século XVII, o país era um próspero centro de comércio e cultura. A partir do século XVI até a Revolução Belga em 1830, muitas batalhas entre as potências europeias foram travadas na área da atual Bélgica, fazendo com que o país fosse apelidado de "campo de batalha da Europa",[14][15][16] reputação reforçada pelas duas Guerras Mundiais.

Após a sua independência, a Bélgica logo participou da Revolução Industrial[17][18] e, no final do século XIX, possuía várias colônias na África.[19] A segunda metade do século XX foi marcada pela ascensão de conflitos comunais entre os flamengos e os valões, alimentados por diferenças culturais e por uma evolução econômica assimétrica entre a Flandres e a Valónia. Estes conflitos, ainda ativos, têm causado profundas reformas do Estado unitário ex-belga para um estado federal.

Oops something went wrong: