cover image

Cometa Halley, oficialmente designado 1P/Halley,[1] é um cometa periódico, visível na Terra a cada 75–76 anos.[1][2][3] O Halley é o único cometa de curto período que é regularmente visível a olho nu da Terra, e o único cometa a olho nu a aparecer nos céus duas vezes durante uma só geração humana. A última aparição dele foi em 1986, e seu retorno está marcado para 2061.[4]

Quick facts: 1P/Halley, Descoberta, Informações orbitais, ...
1P/Halley
Descoberta
Descoberto por Edmond Halley
Data 1696
Outros nomes Cometa Halley, 1P
Informações orbitais
Excentricidade (e) 0,967
Semi-eixo maior (a) 17,8 UA
Periélio (q) 0,586 UA
Afélio (Q) 35,1 UA
Período orbital (P) 75,3 anos
Inclinação (i) 162,3°
Último periélio 9 de fevereiro de 1986 (36 anos)
Próximo periélio 28 de julho de 2061
Propriedades físicas
Dimensões 15×8 km
Massa 2,2×1014 kg
Velocidade de escape ~0,002 km/s
Close

O retorno do Halley ao Sistema Solar interior foi observado e registrado por observadores e astrônomos desde, ao menos, 240 a.C.. Registros do Halley apareceram na China, Babilônia, crônicas da Europa Medieval, mas ninguém o reconheceu como sendo o retorno do mesmo objeto. Sua periodicidade foi determinada pela primeira vez em 1705, pelo astrônomo inglês Edmond Halley, cujo nome foi dado ao cometa.[1] Em sua aparição de 1986, o Halley se tornou o primeiro cometa a ser observado em detalhes por uma espaçonave, fornecendo os primeiros dados da estrutura de seu núcleo, bem como o mecanismo da cabeleira e cauda.[5] Essas observações confirmaram várias hipóteses sobre a construção do cometa, em especial o modelo de Fred Whipple, de que os cometas são "bolas de gelo sujas", que diz que cometas são compostos por uma mistura de gelos voláteis como os de água, dióxido de carbono e amônia, junto a poeira cósmica.[6] Observações seguintes também reformulariam estas ideias. Hoje sabe-se que a superfície do Halley é, em grande parte, composta por materiais não voláteis, poeirentos e que apenas uma pequena porção de sua composição é de gelo.[7]

Oops something went wrong: