cover image

Leopoldina é um município brasileiro do Estado de Minas Gerais. Pertence à Zona da Mata Mineira, localiza-se a sudeste da capital do estado, distando desta 322 quilômetros.[7] Dista 1077 quilômetros de Brasília, capital federal.[1] Sua população estimada em julho de 2015 era de 53 145 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.[3] Ocupa uma área de 943 km², a qual representa 0,161% do estado de Minas Gerais, 0,102% da Região Sudeste e 0,011% de todo o território brasileiro.[7]

Quick facts: Leopoldina ,   Município do ...
Leopoldina
  Município do Brasil  
Símbolos

Bandeira

Brasão de armas
Hino
Gentílico leopoldinense
Localização
Localização de Leopoldina em Minas Gerais
Localização de Leopoldina em Minas Gerais

Leopoldina
Localização de Leopoldina no Brasil
Mapa de Leopoldina
Coordenadas 21° 31' 55" S 42° 38' 34" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Norte: Cataguases;
Nordeste: Laranjal;
Leste: Recreio;
Sudeste: Pirapetinga, Estrela Dalva;
Sul: Volta Grande, Além Paraíba;
Sudoeste: Santo Antônio do Aventureiro;
Oeste: Argirita, São João Nepomuceno;
Noroeste: Descoberto, Itamarati de Minas.[1]
Distância até a capital 322 km
História
Fundação 27 de abril de 1854 (168 anos)
Administração
Prefeito(a) Pedro Augusto Junqueira Ferraz (PL, 2021  2024)
Características geográficas
Área total [2] 943,076 km²
População total (Est. IBGE/2015[3]) 53 145 hab.
Densidade 56,4 hab./km²
Clima Tropical (Aw)
Altitude 225 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 36700-000 a 36709-999[4]
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [5]) 0,726 alto
PIB (IBGE/2010[6]) R$ 567 947,947 mil
PIB per capita (IBGE/2010[6]) R$ 11 106,62
Sítio www.leopoldina.mg.gov.br (Prefeitura)
www.leopoldina.mg.leg.br (Câmara)
Close

A sede tem uma temperatura média anual de 21 °C e, na vegetação do município, predomina a mata atlântica. Em relação à frota automobilística, em 2012 foram contabilizados 16 575 veículos.[8] O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município é de 0,726, classificado como alto.[5]

O município teve sua emancipação política em 1854. Seu nome é uma homenagem à princesa Leopoldina de Bragança e Bourbon, filha do Imperador D. Pedro II.[1] Hoje é formado pelo distrito-sede e pelos distritos de Abaíba, Piacatuba, Providência, Ribeiro Junqueira e Tebas.[9] A cidade, à época do ciclo do café, foi uma das mais importantes da antiga província de Minas Gerais.[10] Com a grande crise econômica de 1929, a economia dos municípios mineiros ligados à cafeicultura sofreu grande abalo. Atualmente sua economia se apoia na pecuária leiteira, no cultivo de arroz e no setor de serviços.[11]

Leopoldina conta com atrativos culturais, naturais e arquitetônicos, como a Catedral de São Sebastião, o Museu Espaço dos Anjos, o Museu da Eletricidade, o reservatório da Usina Maurício, o Morro do Cruzeiro. Alguns dos principais eventos que acontecem no município são a Exposição Agropecuária e Industrial, a Feira da Paz e o tradicional Festival de Viola e Gastronomia de Piacatuba.[12]

Oops something went wrong: