Soul music ou apenas soul é um gênero musical popular que se originou na comunidade afro-americana dos Estados Unidos nos anos 1950 e no início dos anos 1960.[1] Combina elementos da música gospel, rhythm and blues e jazz. A soul music tornou-se popular para dançar e ouvir nos Estados Unidos, onde gravadoras como Motown, Atlantic e Stax foram influentes durante o Movimento dos Direitos Civis. A soul music também se tornou popular em todo o mundo, influenciando diretamente o rock e a música da África.[2]

Quick facts: Soul, Subgêneros, Gêneros de fusão, Formas re...
Soul
Origens estilísticas
Contexto cultural fins dos anos 50 nos Estados Unidos (especialmente em Memphis e Detroit)
Instrumentos típicos Guitarra elétrica, baixo, órgão, metais, vocais, bateria
Popularidade Internacional, da década de 1960 até o início da década de 1980
Formas derivadas Funk, R&B Contemporâneo, música disco
Subgêneros
Cinematic soul, Latin soul, Motown sound, neo soul, retro-soul, quiet storm
Gêneros de fusão
Hip hop soul, nu jazz, pop soul, soul psicodélico, soul blues, soul jazz, smooth soul
Formas regionais
Soul de Chicago, Soul de Detroit, Soul da Filadélfia, Soul britânico, Soul de Memphis, Soul de Nova Orleans, Northern soul, Southern soul
Outros tópicos
Close

Durante a mesma época, o termo soul já era usado nos Estados Unidos como um adjetivo usado em referência ao afro-americano, como em "soul food" ("comida de alma").[3] Esse uso apareceu justamente numa época de vários movimentos sociais, tanto com a revolução dos jovens, como os movimentos antiguerra e antirracistas. Por consequência, a "música soul" nada mais era que uma referência à música negra, independentemente de gênero.[4]

Durante a década de 1960, surgiu até o programa de televisão estadunidense Soul Train, que apresentava os sucessos da música negra dos Estados Unidos, independentemente do gênero do sucesso musical. Ainda no rhythm and blues, a popular dupla Sam & Dave escreveu um sucesso que ressurgiu mais tarde no filme Blues Brothers, no qual interpretam a canção "Soul Man". Sua letra cita "(…) eu sou um homem negro (…)".[5]

De acordo com o Hall da Fama do Rock and Roll, soul é "música que surgiu da [[Cultura afro-americana|experiência negra rhythm and blues em uma forma de e funky".[6] Ritmos cativantes, enfatizados por palmas e movimentos corporais extemporâneos, são uma característica importante da soul music. Outras características são uma chamada e resposta entre o vocalista principal e o refrão e um som vocal especialmente tenso. O estilo também usa ocasionalmente adições improvisadas, rodopios e sons auxiliares.[7] A música soul refletia a identidade afro-americana e enfatizava a importância de uma cultura afro-americana. A consciência afro-americana recém-descoberta levou a novos estilos de música, que demostravam o orgulho de ser negro.[8]

A soul music dominou as paradas de R&B dos Estados Unidos na década de 1960, e muitas gravações passaram para as paradas pop nos Estados Unidos, na Grã-Bretanha e em outros lugares. Em 1968, o gênero soul music começou a se fragmentar. Alguns artistas de soul desenvolveram o funk, enquanto outros cantores e grupos desenvolveram variedades mais escuras, mais sofisticadas e, em alguns casos, mais politicamente conscientes. No início da década de 1970, a música soul havia sido influenciada pelo rock psicodélico e outros gêneros, levando ao soul psicodélico. Os Estados Unidos assistiram ao desenvolvimento do neo soul por volta de 1994. Existem também vários outros subgêneros e ramificações da soul music.

Os principais subgêneros do soul incluem o estilo Detroit (Motown), um estilo mais pop e rítmico; deep soul e Southern soul, estilos de soul energéticos e energéticos, combinando R&B com sons de música gospel do sul; Soul de Memphis, um estilo brilhante e sensual; New Orleans soul, que saiu do estilo rhythm and blues; Soul de Chicago, um som mais leve influenciado pelo gospel; Soul da Filadélfia, um som orquestral exuberante com vocais inspirados em doo-wop; soul psicodélico, uma mistura de rock psicodélico e soul music; bem como categorias como blue-eyed soul, que é a soul music executada por artistas brancos; Soul britânico; e Northern soul, música soul rara tocada por DJs em boates no norte da Inglaterra.