Arraial do Cabo é um município brasileiro situado na Região dos Lagos do estado do Rio de Janeiro. Trata-se de uma cidade costeira, possuindo uma altitude média de apenas oito metros. Fundada em 1503 pelo conquistador Américo Vespúcio, foi elevada à categoria de município apenas em 1985, após sua emancipação do município vizinho de Cabo Frio. Em 2014 tinha uma população de 28 866 habitantes segundo o IBGE. As rodovias que servem o município são a RJ-140/BR-120 e a RJ-102.

Quick facts: Arraial do Cabo ,   Municípi...
Arraial do Cabo
  Município do Brasil  
Vista da cidade a partir do alto do Atalaia.
Vista da cidade a partir do alto do Atalaia.
Símbolos

Bandeira

Brasão de armas
Hino
Lema Onde o sol passa o inverno
Gentílico cabista[1]
Localização
Localização de Arraial do Cabo no Rio de Janeiro
Localização de Arraial do Cabo no Rio de Janeiro

Arraial do Cabo
Localização de Arraial do Cabo no Brasil
Mapa de Arraial do Cabo
Coordenadas 22° 57' 57" S 42° 01' 40" O
País Brasil
Unidade federativa Rio de Janeiro
Municípios limítrofes Araruama, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia[1]
Distância até a capital 118 km
História
Fundação 13 de maio de 1985 (37 anos)
Administração
Prefeito(a) Marcelo Magno (SD, 2021  2024)
Características geográficas
Área total [2] 152,305 km²
População total (Estimativa 2021 (IBGE)[3]) 30 827 hab.
Densidade 202,4 hab./km²
Clima Tropical (Aw)
Altitude 8 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 28930-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,733 alto
 • Posição 20º
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 328 840,250 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 12 345,71
Sítio www.arraial.rj.gov.br (Prefeitura)
www.cmac.rj.gov.br (Câmara)
Close

A cidade de Arraial do Cabo, como o nome indica é realmente um cabo, um pedaço de terra grande (superior ao pontal e ponta) adentrando ao mar, possui pequena diversidade de praias em enseadas, entre estas pode se considerar que estão algumas das praias mais belas do mundo. A cidade abriga o Porto do Forno que na verdade é uma marina de três píers por onde entram produtos para a cidade e saem as produções de sal. Ideal para a prática de mergulho, o ecoturismo é a base da economia cabista, não aproveitando-se a região para o desenvolvimento de aquacultura e maricultura.[6] Tendo ainda uma zona urbana bastante simples e conturbada, com construções de apenas dois andares em ruas sinuosas e estreitas.[7]

Oops something went wrong: