Cora Coralina, pseudônimo de Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas (Cidade de Goiás, 20 de agosto de 1889 — Goiânia, 10 de abril de 1985), foi uma poetisa e contista brasileira. Considerada uma das mais importantes escritoras brasileiras, ela teve seu primeiro livro publicado em junho de 1965 (Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais),[1] quando já tinha quase 76 anos de idade, apesar de escrever seus versos desde a adolescência.[2][3][4]

Quick facts: Cora Coralina...
Cora Coralina
Cora Coralina
Pseudônimo(s) Cora Coralina
Nascimento 20 de agosto de 1889
Cidade de Goiás, Província de Goiás
Morte 10 de abril de 1985 (95 anos)
Goiânia, Goiás, Brasil
Nacionalidade brasileira
Cidadania Brasil
Cônjuge Cantídio Tolentino Bretas (1911-1934)
Ocupação poetisa
Prémios Prêmio Juca Pato (1983)
Ordem do Mérito Cultural (2006)
Close

Mulher simples, doceira de profissão, tendo vivido longe dos grandes centros urbanos, alheia a modismos literários, produziu uma obra poética rica em motivos do cotidiano do interior brasileiro, em particular dos becos e ruas históricas de Goiás.