cover image

A Líbia[6] (em árabe: ليبيا; romaniz.: Lībiyā, pronunciado: [ˈliːb(i)jæ] (escutar?·info), pronunciado em árabe líbio: [ˈliːbjæ]; em berbere: ) é um país na região do Magrebe, no Norte da África, banhada pelo mar Mediterrâneo ao norte. O país tem fronteiras com o Egito a leste, com o Sudão a sudeste, com o Chade e o Níger ao sul e com a Argélia e a Tunísia ao oeste. As três partes tradicionais do país são a Tripolitânia, a Fazânia e a Cirenaica. Com uma área de quase 1,8 milhões de quilômetros quadrados, a Líbia é o 17.º maior país do mundo.[7]


Estado da Líbia
دولة ليبيا
Dawlat Lībiyā
Brasão da Líbia
Bandeira Emblema Nacional
Hino nacional: Líbia, Líbia, Líbia
Gentílico: Líbio;
líbico[1]

Localização da Líbia

Capital Trípoli
32°54′N 13°11′E
Cidade mais populosa Trípoli
Língua oficial Árabe [2]
Governo Estado unitário com Governo provisório
 Presidente do Conselho Presidencial Mohamed al-Menfi
 Membros do Conselho Presidencial Mohamed al-Menfi
Abdullah al-Lafi
Musa al-Koni
 Primeiro-ministro Abdul Hamid al-Dabaib
 Presidente da Câmara dos Representantes Aguila Saleh Issa
Independência da Itália 
 Data10 de fevereiro de 1947 
Área  
   Total1 759 540 km² (16.º)
 Fronteira Egito, Sudão, Chade, Níger, Argélia e Tunísia
População  
   Estimativa para 20166 411 776 [3] hab. (108.º)
  Densidade 3.55/km2

9.2/sq mi hab./km² (218.º)

PIB (base PPC) Estimativa de 2014
  TotalUS$ 103,267 bilhões *[4] 
  Per capitaUS$ 16 621[4] 
PIB (nominal) Estimativa de 2014
  TotalUS$ 49,341 bilhões *[4] 
  Per capitaUS$ 7 941[4] 
IDH (2021) 0,718 (104.º)  alto[5]
Moeda Dinar líbio (LYD)
Fuso horário EET
Cód. Internet .ly
Cód. telef. +218

A maior cidade e capital, Trípoli, é o lar de 1,7 milhão dos 6,4 milhões de habitantes da Líbia. Em 2012 o país tinha o segundo melhor índice de desenvolvimento humano (IDH) da África e o quinto maior produto interno bruto (PIB) (em paridade do poder de compra) per capita do continente (em 2009), atrás da Guiné Equatorial, de Seicheles, do Gabão e do Botsuana. A Líbia tem as décimas maiores reservas comprovadas de petróleo do mundo e a 17.ª maior produção petrolífera.[8]

Em 2011, após uma guerra civil e uma intervenção militar internacional liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), houve o derrube e a morte do ex-líder do país, Muamar Gadafi, e o colapso de seu governo de mais de quatro décadas de duração. Como resultado, a Líbia está passando por um processo de reconstrução política e é regida sob uma constituição provisória elaborada pelo Conselho Nacional de Transição (CNT).[9][10] Eleições para o Congresso Geral Nacional foram realizadas em 7 de julho de 2012 e o CNT entregou o poder à assembleia recém-eleita em 8 de agosto.[11] A assembleia nacional tem a responsabilidade de formar uma assembleia constituinte para redigir uma constituição permanente para a Líbia, que será, então, submetida a um referendo.[12]

Oops something went wrong: