cover image

O russo (русский язык, transl. russkij jazyk ou russkiy yazyk, AFI: [ˈruskʲɪj jɪˈzɨk], lit. "língua russa") é uma língua eslava falada como língua materna na Rússia, Bielorrússia, Cazaquistão, Azerbaijão, Quirguistão, Moldávia e em diversos outros países que formavam as repúblicas constituintes da extinta União Soviética.[13] Embora sem carácter oficial após o fim da União Soviética, é utilizada amplamente em países como Letónia, Ucrânia, e Estónia.

Quick facts: Russoрусский язык, Estatuto oficial, Códigos ...
Russo

русский язык

Pronúncia:AFI: [ˈruskʲɪj sjɪˈzɨk]
Falado(a) em:  Armênia
 Azerbaijão
 Bielorrússia
Cazaquistão
 Estónia
 Geórgia
 Letônia
 Lituânia
 Moldávia
 Quirguistão
 Rússia
Turquemenistão
 Ucrânia
 Uzbequistão
Comunidades de emigrantes, especificamente:
 Alemanha
 Austrália
 Brasil
 Canadá
 Estados Unidos
 Israel
Região: Europa Oriental e Ásia Setentrional:
Moscou, São Petersburgo, Quieve, Minsque, Transnístria, Odessa, Crimeia, Donetsk, Riga, Alma-Ata, Cazã, Caliningrado, Astracã, Krasnoyarsk, Vladivostok, Novosibirsk, Rostov do Don, Chechênia, Iacútia, Carélia, Oriol, Mordóvia, Samara, Cabárdia-Balcária, Chita, entre outros.
Total de falantes: Nativos: 164 milhões (2010)[1]
Total: 260 milhões (nativos e língua secundária, 2012)[2]
Posição: 4–7[3]
Família: Indo-europeia
 Balto-eslava
  Eslava
   Eslava oriental
    Russo
Escrita: Cirílica (variante russa)
Estatuto oficial
Língua oficial de:  Rússia
 Bielorrússia[4]
Cazaquistão[5]
 Quirguistão[6]
 Moldávia:

Estados parcialmente reconhecidos:
 Abecásia[8][9]
 Ossétia do Sul[8][10]
Organizações:
Nações Unidas

CEI
CEEA
OTSC
GUAM[11]
OCX
OSCE
STA
ISO

Regulado por: Instituto da Língua Russa,[12] na Academia Russa de Ciências
Códigos de língua
ISO 639-1: ru
ISO 639-2: rus
ISO 639-3: rus
Países em que o russo é a língua oficial (azul escuro) e/ou tem status elevado (turquesa)
Close

Idioma mais difundido, em termos geográficos, de toda a Eurásia, a mais falada das línguas eslavas e a língua materna mais falada na Europa, o russo pertence à família linguística indo-europeia, e é um dos três (ou quatro, com a inclusão do russino) membros ainda existentes das línguas eslavas orientais; foram encontrados exemplos de inscrições feitas no antigo eslavônico oriental que datam do século X. O idioma é atualmente uma das seis línguas oficiais da Organização das Nações Unidas.

A literatura russa é particularmente rica e inclui célebres escritores de diversos períodos, como Alexandre Pushkin, Nikolai Gogol, Fiodor Dostoiévski, Liev Tolstói, Anton Tchekhov, Máximo Gorki, Vladimir Maiakovski e Boris Pasternak. Por conta da grande influência da União Soviética e Rússia nas ciências, uma grande quantidade de textos científicos também é encontrada em russo, que atualmente é a segunda língua mais popular da Internet.[14][15]

O russo distingue entre os fonemas consonantais que têm articulação secundária palatal e aqueles que não têm, os chamados sons suaves e duros. Esta distinção pode ser encontrada em quase todas as consoantes, e é uma das características mais marcantes do idioma. Outro aspecto importante é a redução das vogais átonas, semelhante a outros idiomas ocidentais, como o inglês. O acento tônico, que não é regular, não costuma ser indicado ortograficamente,[16] embora um acento agudo opcional possa ser utilizado para indicar o acento tônico, com a finalidade de distinguir palavras de grafia idêntica ou indicar a pronúncia correta de palavras ou nomes pouco comuns. Outra característica relevante é o papel essencial e imprescindível exercido pela complexa gramática na língua. A escrita destaca-se pelo uso do alfabeto cirílico.

Oops something went wrong: