cover image

Peru (pronunciado em português europeu: [pɨˈɾu]; pronunciado em português brasileiro: [peˈɾu]; em castelhano: Perú, pronunciado: [peˈɾu]; em quéchua e aimará: Piruw), oficialmente chamado de República do Peru (em espanhol: ? República del Perú; em quíchua: Piruw Ripublika; em aimará: Piruw Suyu), é um país sul-americano limitado ao norte pelo Equador e pela Colômbia, a leste pelo Brasil e pela Bolívia e ao sul pelo Chile. O seu litoral, a oeste, é banhado pelo oceano Pacífico. Sua geografia é variada, exibindo desde planícies áridas na costa do Pacífico, aos picos nevados dos Andes e à floresta amazônica, características que proporcionam a este país diversos recursos naturais.


República do Peru
República del Perú
Brasão de armas do Peru
Bandeira Brasão de armas
Lema: Firme y feliz por la unión ("Firme e feliz pela união")
Hino nacional: Himno Nacional del Perú
noicon
Gentílico: peruano(a);
peruviano(a)[1]

Localização de República do Peru

Capital Lima
Cidade mais populosa Lima
Língua oficial castelhano
Línguas cooficiais: quíchua, aimará, outras línguas nativas
Governo República unitária presidencialista
 Presidente Pedro Castillo
 Vice-presidente Dina Boluarte
 Primeiro-ministro Aníbal Torres
Independência da Espanha 
 Declarada28 de julho de 1821 
 Consolidada9 de dezembro de 1824 
 Constituído20 de setembro de 1822 
 Reconhecido14 de agosto de 1879 
Área  
   Total1 285 220 km² (19.º)
  Água (%) 8,80
 Fronteira Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia e Equador
População  
   Estimativa para 201933 105 273[2] hab. (41.º)
  Censo 2017 33 208 710 hab. 
  Densidade 22 hab./km² (183.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2017
  TotalUS$ 503,734 bilhões *[3] (37.º)
  Per capitaUS$ 11 148[3] 
PIB (nominal) Estimativa de 2016
  TotalUS$ 286,410 bilhões *[3] (39.º)
  Per capitaUS$ 7 135[3] 
IDH (2021) 0,762 (84.º)  alto[4]
Gini (2010) 46,0[5] 
Moeda Sol[6] (PEN)
Fuso horário (UTC-5)
Cód. ISO 604
Cód. Internet .pe
Cód. telef. +51
Website governamental www.gob.pe

O território peruano abrigou a civilização de Caral, uma das mais antigas do mundo, bem como o Império Inca, considerado o maior Estado da América pré-colombiana. O seu território foi elevado a vice-reinado pelo Império Espanhol, no século XVI. Sua independência foi formalmente proclamada em 1821[7][8] e foi definida pela derrota do Exército Espanhol na Batalha de Ayacucho três anos depois.[9] Nos primeiros anos como país independente, o Peru passou por períodos de alternância entre turbulência política e crise fiscal e estabilidade e crescimento econômico. O país esteve em recessão e esteve sob o caudilhismo militar durante o auge e declínio da "Era del guano", que terminou pouco antes da Guerra do Pacífico. No pós-guerra, estabeleceu-se uma política oligárquica que prevaleceu até o final do governo de Augusto B. Leguía.

Na história do Peru independente, sucessivos governos democráticos foram constantemente interrompidos por golpes de estado. Em 1968, foi imposta uma ditadura militar que introduziu reformas nacionalistas diversas e profundas.[10][11] O governo democrático e representativo foi restabelecido em 1980 e se iniciou um sangrento conflito armado entre os grupos terroristas do Sendero Luminoso e o MRTA contra o governo no sul do país e também se iniciou uma crise inflacionária do final da década.[12][13][14] Na década de 1990, foi implementado um modelo neoliberal, cujas bases continuam em vigor.[15][16] Nos dias atuais, o Peru é uma república presidencialista democrática dividida em 25 regiões.

A população peruana, estimada em 31 milhões, é de origem multiétnica com um alto grau de mestiçagem, incluindo ameríndios, europeus, africanos e asiáticos. O país é considerado uma nação em desenvolvimento com um nível de pobreza de 34%. O idioma oficial é principalmente o castelhano, ainda que um número significativo de peruanos fale quíchua e outras línguas nativas. A mistura de tradições culturais produziu uma diversidade de expressões nas artes, na culinária, na literatura e na música. As principais atividades econômicas incluem a agricultura, a pesca, a exploração mineral e a manufatura de produtos têxteis.