cover image

Roraima (pronúncia em português: [ʁoˈɾajmɐ] ouça) é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situado na Região Norte do país, sendo o estado mais setentrional (ao norte) da federação. Tem por limites a Venezuela, ao norte[1] e noroeste; Guiana, ao leste; Pará, ao sudeste; e Amazonas, ao sul e oeste. Ocupa uma área aproximada de 224 300,506 km², pouco maior que a Bielorrússia, sendo o décimo quarto maior estado brasileiro. Em Boa Vista, única capital brasileira totalmente no Hemisfério Norte, encontra-se a sede do governo estadual, atualmente presidido por Antonio Denarium.

Estado de Roraima
Brasão de Roraima
Bandeira Brasão
Lema: "Amazônia: patrimônio dos brasileiros"
Hino: Hino de Roraima
Gentílico: roraimense

Localização de Roraima no Brasil

Localização
 - RegiãoNorte
 - Estados limítrofesVenezuela (N[1] e NO), Guiana (L), Pará (SE) e Amazonas (S e O)
 - Regiões geográficas
   intermediárias
2
 - Regiões geográficas
   imediatas
4
 - Municípios15
Capital  Boa Vista
Governo
 - Governador(a)Antonio Denarium (Progressistas)
 - Vice-governador(a)Frutuoso Lins (Solidariedade)
 - Deputados federais8
 - Deputados estaduais24
 - SenadoresChico Rodrigues (UNIÃO)
Mecias de Jesus (Republicanos)
Telmário Mota (PROS)
Área
 - Total224 300,506 km² (14º) [2]
População 2021
 - Estimativa652 713 hab. (27º)[3]
 - Densidade 2,91 hab./km² (27º)
Economia 2020[4]
 - PIBR$ 16.024 bilhões (27º)
 - PIB per capitaR$ 25.387,77 (15º)
Indicadores 2010/2015[5][6]
 - Esperança de vida (2015) 71,2 anos (24º)
 - Mortalidade infantil (2015) 17,4‰ nasc. ()
 - Alfabetização (2010) 90,3% (15º)
 - IDH (2017) 0,752 (12º)  alto [7]
Fuso horário UTC−04:00, America/Boa_Vista
Clima Equatorial úmido Am, Aw
Cód. ISO 3166-2 BR-RR
Site governamental http://www.portal.rr.gov.br/

Mapa de Roraima

A história roraimense está fortemente ligada ao Rio Branco. Foi através deste rio que chegaram os primeiros colonizadores portugueses. O Vale do rio Branco sempre foi cobiçado por ingleses e neerlandeses, que adentraram no Brasil através do Planalto das Guianas em busca de indígenas para serem escravizados. Pelo território da Venezuela, os espanhóis também chegaram a invadir a parte norte do rio Branco e no rio Uraricoera. Os portugueses derrotaram e expulsaram todos os invasores e estabeleceram a soberania de Portugal sobre a região de Roraima e de parte do Amazonas.[8]

O estado é o menos populoso do país, com uma população de 652 713 habitantes, segundo estimativas de 2021 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É, também, o que apresenta a menor densidade demográfica na federação, com 2,33  hab/km². Sua economia, baseada principalmente no setor terciário, registra uma alta taxa de crescimento, embora seu Produto interno bruto (PIB) seja o menor do país, com seus R$ 14,252 bilhões, representando 0,15% da economia brasileira.

Situado numa região periférica da Amazônia Legal, no noroeste da Região Norte do Brasil, predomina em Roraima a floresta amazônica, havendo ainda uma enorme faixa de savana no centro-leste.[9] Encravado no Planalto das Guianas, uma parte ao sul pertence à Planície Amazônica.[10] Seu ponto culminante, o Monte Roraima, empresta-lhe o nome. Etimologicamente resultado de contração de roro (verde) e imã (serra ou monte), foi batizado por indígenas pemons da Venezuela.[9][11]

Oops something went wrong: